Acorda muito cedo e tem uma manhã agitada de trabalho; almoça com mais calma e, depois, chegam aqueles minutos de relaxamento — uma sesta para ganhar energia para o resto do dia não é má ideia. Foi a pensar no hábito de dormitar no princípio da tarde que nasceu a SiestApp, uma aplicação que promete “relaxar completamente os utilizadores”.

Os criadores inspiraram-se no hábito espanhol de dormir uma pequena sesta de 15 a 20 minutos. Em entrevista ao The Guardian, Enrique Martínez Mateo, porta-voz do grupo, explica que a sesta perfeita está em acordar antes de chegar à terceira fase do sono, a mais profunda. Para certificar que isto acontece, a SiestApp acompanha os movimentos e a respiração dos utilizadores e aciona um alarme antes que entre na terceira fase do sono. Na página da aplicação, sugerem mesmo que a app “acorda-o no momento certo”.

A SiestApp é gratuita e, depois de descarregar, é só usufruir. Primeiro, pode escolher entre uma sesta curta ou longa. Depois, é feita uma contagem e decidida a altura certa para o acordar. Com a sesta feita, os criadores da aplicação prometem que “acordará mais descansado do que com uma sesta normal”, sem ter o cálculo da app. As consequências de dormir mal são muitas e a sesta pode ajudar. O “guia rápido da sesta” é apresentado na página do Twitter da @siestapp

Aliás, a aplicação parece fazer sentido, depois de a crise espanhola ter provocado a diminuição das sestas. Como avançava o Telegraph em 2012, a recessão espanhola levou o governo a implementar uma lei que permitia às lojas com mais de 300 metros quadrados estarem abertas mais horas. Ou seja, tendo em conta o período fraco de venda, os comerciantes aproveitavam para deixar os espaços abertos na pausa habitual das 14h às 16h, o que significou menos tempo para o descanso.