11 artistas urbanos de diferentes países foram convidados a conceber um vídeo inspirado pelo mais recente álbum dos U2, Songs of Innocence. Entre eles está Vhils, artista português de 27 anos que foi convidado pela banda irlandesa para integrar “Films of Innocence”. O filme está a partir desta terça-feira em pré-venda no iTunes, mas só será lançado no dia 9 de dezembro.

Jefferson Hack é o realizador deste trabalho multidisciplinar, feito com 11 filmes artísticos inspirados em cada uma das novas canções dos U2, mas também nos murais políticos da Irlanda do Norte, usados como referência. Há filmes em parte animados, em parte com imagens reais, como se pode ver no trailer em baixo.

films-of-innocence

No trailer de 46 segundos, é possível ver que Vhils, nome artístico de Alexandre Farto, recorreu a lobos para a filmagem, inspirada na canção “Raised By Wolves”. Para além de Vhils, nome artístico de Alexandre Farto, foram convidados também os artistas Robin Rhode, D*Face, Mode 2, Chloe Early, Ganzeer, Maser, Roa, DALeast, Todd James e Oliver Jeffers, irlandês que já tinha pintado Nelson Mandela para a capa do single “Ordinary Love”.

De acordo com a Universal, as obras dos 11 artistas “jogam com o tempo, cenários animados e realidade animada, levando arte de rua para o ecrã e juntando visões únicas num trabalho global e de equipa”.

https://www.youtube.com/watch?v=FkqBc1zqfYk

Alexandre Farto tem 27 anos e formou-se na University of the Arts – Central St Martins College of Art and Design. Começou por pintar paredes com graffitis, aos 13 anos, mas foi a escavá-las com retratos que captou a atenção do mundo. Da pintura stencil à escavação de paredes, de explosões pirotécnicas à modelação 3D, a expressão visual é múltipla. Até outubro era possível ver alguns dos seus trabalhos no Museu da Eletricidade, em Lisboa, na exposição individual “Dissecação“. Neste momento, o artista está no Brasil a preparar uma exposição no Museu de Recife e uma intervenção na rua, disse ao Observador.

Ao Público, Vhils afirmou que o contacto para participar neste projeto foi feito através da galeria londrina Lazarides, que o representa. A mesma de Banksy. O vídeo foi filmado em Portugal, em dois dias, e a certa altura, por falta de figurantes, Vhils acabou por entrar no vídeo, filmado com animais 40% lobos e 60% cães checos.