The World’s Billionaires, lista anual da revista americana Forbes que apresenta os homens mais ricos do mundo, cometeu uma gafe que está a ser comentada pelas redes sociais.

Spiro Latsis, magnata grego de 69 anos, foi confundido com Nigel Farage, líder do partido Independente britânico. Apesar de o banqueiro grego, dono do grupo EFG International, ter sido considerado o 782º homem mais rico do mundo com uma fortuna avaliada em 2.7 mil milhões de dólares, a fotografia de Nigel Farage está no lugar de Latsis. Não, Farage não se tornou num magnata bilionário da noite para o dia: o site é que misturou as caras.

A semelhança até chamou à atenção de algumas pessoas que, ao notarem, manifestaram-se nas redes sociais.

A Business Insider foi compreender como a Forbes pode ter escolhido a fotografia de Farage por engano. Uma pesquisa reversa da imagem usada no Google chegou a um artigo, no site da rádio Newstalk, que identificava o homem da fotografia como Nigel Farage. Na tentativa de encontrar uma ligação entre Farage e Latsis, a Business Insider descobriu na Reuters várias fotografias do líder do partido Independente Britânico vestido da mesma maneira numa sessão plenária em Bruxelas no dia 25 de maio de 2005. E nas descrições dessas fotografias estavam descrições que misturavam os dois sósias.

“Nigel Farage, deputado dos eurocéticos britânicos, dirige-se ao Parlamento Europeu durante uma sessão plenária em Bruxelas. O Presidente da Comissão Europeia José Manuel Barroso fez um testemunho sobre umas férias que passou no iate do empresário grego Spiro Latsis, no passado agosto. “Membros do partido eurocético britânico querem que o parlamento europeu censure Barroso pelas suas férias”, lê-se nas descrições das fotografias da Reuters.

E a Forbes parece que ainda não se deu conta do erro. Apesar de o ranking já estar online desde fevereiro, a fotografia de Nigel Farage no perfil de Spiro Latsis ainda continua por lá.