Branko viajou pelo mundo, absorveu várias atmosferas musicais e comprimiu a experiência em “Atlas”, o seu álbum de estreia. Apresentou-o em São Paulo e agora estreia-o em Lisboa.

A construção de “Atlas” foi acompanhada pelo Observador, com uma entrevista a João Barbosa (Branko) e a transmissão de “Atlas Unfolded”, uma webserie de cinco episódios que ilustraram a viagem sonora do produtor português por várias cidades. Depois da apresentação no Boiler Room de São Paulo — também transmitido pelo Observador — “Atlas” estreia oficialmente em Portugal no espetáculo que acontece em Lisboa, na Galeria Zé dos Bois, dia 10 de setembro às 22h. O bilhete custa 7 euros.

Veja a entrevista de Branko ao Observador:

[jwplatform oaLf2yRS]