Um suspiro. As pipocas estão preparadas dentro da taça de papel, estrategicamente colocadas do lado esquerdo. O lado direito está reservado ao sumo, bem munido de gelo e com uma palhinha facilitadora dentro do copo. Também há chocolates à distância máxima de um braço, o comando mesmo por cima do colo e uma manta confortável por cima das pernas. Ah e claro: uma almofada nas costas preparada para suavizar as próximas três horas de filme. Tudo pronto. Carrega-se no “play”. E a bexiga interrompe. Afinal todo este trabalho foi infrutífero: tem mesmo de ir à casa de banho.

Irritante, não é? O que vale é que toda a gente o compreende. Esta é uma daquelas coisas chatas capazes de nos tirar do sério e deixar os ouvidos a zunir. Isso e bater com um dedo mindinho no canto da cama. Ou sentir a meia a deslizar dentro das sapatilhas. Ninguém suporta. Por isso mais vale rir da situação. O Bored Panda desenhou a mascote nas situações que mais nos azucrinam o juízo. E nós trazemos as ilustrações até si, porque temos a certeza que vai rever-se nelas.