O ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano disse esta sexta-feira que o seu país poderá lançar, como forma de teste, uma bomba nuclear de hidrogénio para o oceano Pacífico, como parte da “resposta ao mais alto nível” contra os EUA.

Poderá tratar-se da mais poderosa das detonações de uma bomba H no Pacífico”, disse Ri Yong-ho aos órgãos de comunicação sul-coreanos no hotel em Nova Iorque, onde se encontra para assistir à 72.ª Assembleia Geral da ONU.

Ri respondia assim a uma questão sobre a mensagem do líder Kim Jong-un que, em declarações recolhidas pouco antes pelos ‘media’ norte-coreanos, advertiu o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que iria pagar muito caro pelo seu “excêntrico” discurso perante a ONU, no qual ameaçou destruir totalmente a Coreia do Norte.

O líder norte-coreano classificou Donald Trump como um “criminoso e um gangster que gosta de brincar com o fogo”, frisando que o Presidente dos Estados Unidos é “impróprio para manter o comando supremo de um país”.

Donald Trump tinha anunciado esta quinta-feira mais sanções ao regime norte-coreano, onde ordenou a várias instituições financeiras para acabarem com quaisquer ligações económicas à Coreia do Norte.