As autoridades alemãs detonaram este domingo uma bomba do tempo da II Guerra Mundial que estava no rio Meno, no centro da cidade de Frankfurt. Segundo a agência de notícias alemã DPA, a bomba foi descoberta na última terça-feira durante um exercício de mergulho levado a cabo pelos bombeiros de Frankfurt.

Cerca de 600 pessoas foram retiradas das proximidades do local antes de a bomba ter sido detonada. A zona mais afetada foi a da catedral de Frankfurt.

As pessoas que residiam naquela zona foram informadas de que deveriam abandonar as suas casas a partir das 8h da manhã deste domingo, de acordo com fonte oficial da polícia citada pela DPA.

A bomba, de 250 kg, foi largada pela Força Aérea norte-americana durante a II Guerra Mundial, nunca tendo chegado a explodir. A detonação da bomba provocou uma coluna de água que se elevou vários metros, como mostram imagens do momento.

Após a explosão, especialistas em explosivos das forças de segurança da Alemanha examinaram o local para averiguar se era seguro regressar às imediações do rio.

Não é a primeira vez que as autoridades alemãs têm de detonar bombas da II Guerra Mundial que não explodiram. Um dos casos mais notáveis aconteceu no ano passado, quando dez mil pessoas tiveram de ser retiradas do centro de Berlim.