Rádio Observador

PS

Podcast Eurovisões: as campanhas do PS na campanha das Europeias

Enquanto em Aveiro Pedro Nuno Santos pede um PS mais esquerda, em Paris António Costa aponta para o centro conciliador. E Catarina Martins é a “cantora de intervenção" do dia, por Bandex.

Pedro Benevides e Miguel Pinheiro identificam várias campanhas a decorrer em simultâneo no PS. A saber: Europeias, António Costa na Europa e Pedro Nuno Santos a espreitar a liderança. No Caça ao Voto, o atual ministro das Infraestruturas e Habitação aproveitou o comício da noite em Aveiro para afirmar a necessidade de um PS mais esquerda e menos ao centro. O contrário prometia em Paris o secretário-geral e primeiro-ministro, António Costa.

Campanhas muito diferentes das do PS em 1987. Hoje no baú das Europeias recordamos um telegrama da direção socialista enviado para o Porto a pedir mais empenho dos militantes e apoiantes na luta contra o PSD.

Neste 8º Eurovisões vamos à estrada, ao encontro dos jornalistas do Observador que acompanham as caravanas da CDU, Bloco de Esquerda e CDS, e que partilham bastidores das campanhas que têm estado a seguir.

Já Bandex pega na “alegria” de Catarina Martins e transforma-a em música de intervenção contra Pedro Passos Coelho e Paulo Portas.

Oiça as melhores histórias destas eleições europeias no podcast do Observador Eurovisões, publicado de segunda a sexta-feira até ao dia do voto.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rconceicao@observador.pt
Parlamento Europeu

Portugal poucachinho na Europa. E cá?

Bruno Martins

Se estes são os representantes que conseguimos ter, então não é de espantar que os Portugueses tenham cada vez menos interesse na Europa e que a abstenção continue a aumentar nessas eleições.

Combustível

Teorias da conspiração /premium

Manuel Villaverde Cabral

A única coisa que não sabemos ao certo acerca da greve dos camionistas é se o governo a combate a sério, servindo-se para isso da implantação do PS na organização do patronato, ou se finge combatê-la.

Combustível

Uma história de hipocrisia /premium

Paulo Tunhas
452

António Costa precisa, quanto mais não seja por causa da dúbia origem do seu poder, de afirmar constantemente a sua autoridade. Daí também ter encenado um espectáculo sem par.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)