Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A vacinação de voluntários com menos de 60 ou 50 anos que aceitem receber as vacinas da AstraZeneca ou da Johnson & Johnson, respetivamente, ainda não tem planos ou datas para arrancar. Ao Observador, fonte oficial da task force que coordena o plano nacional de vacinação contra a Covid-19 avançou que não existe qualquer previsão para a data de início da inoculação de voluntários e admitiu que os detalhes de como tudo vai ser feito ainda estão a ser estudados.

As duas vacinas estão a ser administradas apenas a pessoas mais velhas, por decisão da Direção-Geral da Saúde, depois de terem sido detetados efeitos secundários severos, ainda que raros, em pessoas mais novas. Ainda assim, em Portugal, os que ficaram fora dos limites definidos pelas autoridades de saúde também podem ser vacinados com doses da AstraZeneca ou da Johnson & Johnson, desde que se voluntariem para isso e assinem um consentimento.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.