Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Conheceram-se por causa de um post no Facebook “abençoado” pelo Dalai Lama e rapidamente perceberam que tinham um mundo em comum: a urgência de sair da vida padronizada, uma sede de fazer a diferença na vida dos outros. Criaram a Kolkata Monsoon Relief, associação sem fins lucrativos, que tem uma equipa de voluntários e mecenas, graças aos quais puderam ajudar cerca de 30 mil pessoas que vivem “com a cabeça nos passeios” de Calcutá, vítimas das monções na Índia. Usam um sitar, instrumento indiano, para angariar fundos e distribuem kits de sobrevivência. Mapearam todos os sem-abrigo e tornaram os dados públicos, para que outras ONG humanitárias os possam usar .

Catarina Aires deixou para trás o sonho de se tornar bailarina quando este se transformou em fardo. Tomás Magalhães partiu à procura de si próprio depois do mestrado em Nanotecnologia. São os convidados “Imperdíveis” de Laurinda Alves, o programa da Rádio Observador, aos domingos, às 11h.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.