Joseph Moingt, teólogo francês contemporâneo e um pensador admirável que conheci através dos livros de Tomáš Halík, incita-nos a descobrir Deus tal como é, não o Deus dos nossos pais nem uma divindade particular, mas o Deus universal, dos outros, de todos, um Deus sobre o qual ninguém pode dizer que detém o monopólio. Moingt diz que “nem sequer devemos ter medo se, no intervalo entre perder o Deus dos pais e encontrar o caminho dos filhos – já não uma religião herdada, mas uma resposta livre – o ateísmo fizer a sua aparição”.

Continuo a citar Joseph Moingt, que permanece vivo e fará em breve 105 anos, quando declarou que esse período de esvaziamento, sem Deus, esse tempo de ausência, é necessário para “permitirmos a Deus que se ofereça a nós tal como é. Devemos deixá-lo vir na sua novidade, mesmo que então sejamos incapazes de reconhecer o Deus dos nossos pais naquele que vem de outro lugar”.

Para uns, o Deus dos pais foi decisivo para o conhecerem, para se manterem próximos e cultivarem com Ele uma relação íntima, individual. Para outros, esse Deus foi ficando desfasado e distante, sem ligação à realidade, alheado do concreto das suas vidas. Muitos não só cristalizaram nesta imagem de Deus, como ficaram para sempre na “4ª classe da fé”, por assim dizer. E há, e haverá sempre, aqueles cujos pais nem sequer falam de Deus por ser um desconhecido ou não lhes fazer sentido.

Pensei nos escritos de Moingt, extraordinariamente atuais e relevantes, enquanto assistia em direto, online, à ordenação de novos padres jesuítas. Com um intervalo de uma semana, ordenaram-se oito sacerdotes, 5 diocesanos e 3 jesuítas, todos eles muito jovens. Apenas um dos diocesanos tem mais de 40 anos e a juventude dos recém-ordenados interpela e faz refletir sobre quem é este Deus em que acreditam e por quem entregam a vida.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.