Dark Mode 95,6 kWh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Laurinda Alves

Colunista

Artigos publicados

Religião

O Deus dos nossos pais /premium

169
“Desistamos do Deus dos pais e tenhamos a coragem de deixar para trás a ‘religião herdada’ e a nossa fixação infantil nas formas do passado.”
Discriminação

O "agonismo" é contagioso, mas tem cura /premium

167
Não precisamos de gostar de toda a gente, só temos que nos respeitar uns aos outros independentemente da raça, do credo, das opções políticas, desportivas ou outras.
Música

O Bernardo Sassetti faria 50 anos /premium

1264
Todos sabemos que não escaparemos da morte, da ausência, do esquecimento, mas há quem eleve a sua existência muito acima do que é mundano e terreno.
Universidades

Mãe, não entrei! /premium

110
A vida tem mecanismos fabulosos de autorregulação e muitos jovens que se sentem perdidos acabam por encontrar um caminho mais certo, justamente por não terem entrado nas universidades que queriam.
Universidades

Nenhum aluno é só a sua nota /premium

488
Se todo o sistema de aprendizagem mudou e vai continuar a mudar, como é possível manter o sistema de avaliação? O que é que queremos ensinar? E o que é que estamos a valorizar?
Crónica

Nós, os cuidadores /premium

190
A realidade dos cuidadores informais a que há que reconhecer uma vivência erosiva, desgastante, angustiante, que eleva os níveis de stress e multiplica as possibilidades de colapso físico e emocional.
Educação

Quantos alunos vão ficar para trás? /premium

177
No atual contexto digital as dificuldades multiplicam-se ficando ainda mais evidente o facto de o ensino à distância ser muito assimétrico e não estar a funcionar para todos da mesma maneira
Solidariedade

Método infalível para obter dinheiro /premium

141
Nós que não poderíamos viver o confinamento sem livros, música, filmes, séries, temos obrigação de dar de volta a quem perdeu tudo e não sabe quando poderá voltar a viver do seu trabalho e da sua arte
25 de Abril

É ou não é o povo quem mais ordena? /premium

1869
O povo, que foi obrigado a prescindir de quase tudo e não se queixa de quase nada quer apenas três coisas: coerência, consistência e consequência.
Sentimentos

Nós, em busca de um sentido /premium

326
Quando alguém precisa de chorar a nossa obrigação é deixar chorar, porque nada é mais consolador e pacificador que isso. Só depois poderemos fazer um esforço para tentar acrescentar outras perspetivas
Educação

Escola em casa: realidade ou ficção? /premium

124
Não basta continuar a dar aulas e trabalhos de casa. É preciso bom-senso pois só ele permite afinação permanente, ajustamento à realidade-real de cada um no contexto pessoal, profissional e familiar.
Coronavírus

Abdicar /premium

720
Este é um tempo de fazer equilíbrios e diminuir despesas, mas também é um tempo de valorizar o trabalho dos que estão impedidos de trabalhar. Cabe aos mais privilegiados abdicar.
Coronavírus

Posso ajudar? /premium

383
Ajudar, contribuir, doar, partilhar, repartir e colaborar passaram a ser verbos imperativos. Cabe-nos aprender a conjuga-los cada dia com mais eficácia e responsabilidade. Com coerência e consequência
Coronavírus

Vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar /premium

413
Todos gostávamos de acreditar que Buescu está a exagerar, mas os números não enganam. “E os médicos terão de tomar, como em Itália, decisões de vida ou de morte, decidindo quem fica com o ventilador”.
Educação

Educação do futuro: aprender a desaprender /premium

110
Não são só os manuais que vão ficando obsoletos. Nós, professores e alunos, corremos o risco de ficar fora de prazo se não apanharmos o comboio de alta velocidade que nos conduz a um destino imediato
Pais e Filhos

Pais resgatadores precisam-se! /premium

1737
Tenho admiração por pais e mães que não dão aos filhos o que eles merecem, mas sim o que eles precisam. Que os salvam do plano inclinado do desânimo, que os resgatam e ajudam a encontrar um propósito
Eutanásia

O instinto de sobrevivência e o impulso de salvar /premium

378
É próprio do ser humano fazer tudo o que estiver ao seu alcance para permanecer vivo. E para ajudar outros a não morrerem.
Eutanásia

Uma lei cruel é uma lei cruel /premium

650
Digam o que disserem, não conheço crueldade maior do que a desistência do outro, especialmente quando esse outro está no auge do desânimo e da aflição.
Joacine Katar Moreira

“Nasci assim, cresci assim, vou ser sempre assim" /premium

380
É pena que alguém acredite que nasceu para estar no Parlamento porque uma crença destas, enraizada no pensamento e na ação, limita a liberdade, reduz a margem de manobra e não augura nada de bom.
Assunção Cristas

Assunção assume /premium

172
Cristas teve uma atitude original na política nacional. O reverso desta singularidade foi uma via por vezes mais difícil, um caminho percorrido em solidão e incompreensão. Fez o que achava que estava certo.
A página está a demorar muito tempo.