Cinema

Os vencedores dos MTV Movie & TV Awards 2017

O filme "A Bela e o Monstro" e a série "Stranger Things" foram os vencedores da noite ao arrecadarem dois prémios sem distinção de género. Emma Watson agradeceu e Taraji P. Henson apelou à igualdade.

Autor
  • Sílvia Silva
Mais sobre

Apresentados pelo ator Adam DeVine, em Los Angeles, os renovados MTV Movie Awards voltaram com uma nova cara e regras. Pela primeira vez na história, não houve distinção de género na atribuição dos prémios e atores de Hollywood disputaram os prémios de melhor atuação apenas em categorias. A cerimónia anual passa a chamar-se MTV Movie & TV Awards mesmo a tempo de introduzir indicações de televisão e premiar Stranger Things como a série do ano. O galardão das pipocas douradas também chegou duas vezes às mãos de Emma Watson, pelo filme do ano e pela melhor interpretação em filme. “Quero agradecer a cada uma das pessoas que votaram em mim”, agradeceu aos fãs a atriz de 27 anos.

O filme Foge, com seis nomeações, só arrecadou o famoso prémio de melhor interpretação cómica. Já Trevor Noah do The Daily Show venceu Ellen DeGeneres como melhor apresentador de TV. Apesar da chuva de granizo que encharcou a passadeira vermelha do Shrine Auditorium, o evento ainda apresentou conteúdos inéditos dos novos filmes Homem-Aranha: Regresso a Casa e Mulher Maravilha depois dos atores Ashton Sanders e Jharrel Jerome, de Moonlight, subirem ao palco para receber as desejadas pipocas douradas de melhor beijo.

Já Taraji P. Henson subiu ao palco para receber o galardão de melhor herói em Elementos Secretos — filme, esse, que venceu o prémio de melhor hitória contra o sistema. “Eu odeio o individualismo. Odeio que seja homem contra mulher, brancos contra negros, gays contra héteros, seja o que for. Nós somos todos humanos, certo?”, questionou a atriz em prol da igualdade. Em resposta, recebeu uma salva de palmas.

Em fotogaleria, fique a conhecer a lista completa de vencedores da primeira edição do MTV Movie & TV Awards, o renovado MTV Movie Awards.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Morte

Xutos & Pontapés na Igreja e no Estado

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

Não podendo o Parlamento honrar todos os cidadãos falecidos, é razoável que reserve as suas homenagens para os portugueses que mais se distinguiram pelo seu saber e serviço à comunidade.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site