O centro histórico de Cascais recebe, a partir desta quarta-feira, o Muraliza – Festival de Arte Mural. Durante sete dias, vai ser possível ver ao vivo seis artistas a pintarem as suas intervenções no centro da vila.

Com curadoria de Mário Belém e Nomen e produção de Lara Seixo Rodrigues, vão ser pintados seis murais de grande e média dimensão no centro da vila. Todos os temas trabalhados são relacionados com Cascais, como uma exaltação às características, lendas, património e personalidades da região.

Durante os sete dias do festival, será possível acompanhar ao vivo o trabalho  dos artistas. Nomen vai fazer a sua intervenção na Rua Nova da Alfarrobeira e o Beco Torto, Exas entre o número 2 e 5 da Travessa dos Navegantes, Youth One vai estar na Travessa Visconde Luz, Mário Belém na Rua Nova da Alfarrobeira nº16, Arraiano no número 20 da Avenida Valbom e Add Fuel no Largo Rodrigues de Lima nº 55 e no Beco dos Inválidos nº 2.

Quem quiser conhecer de uma ponta à outra este circuito de arte mural pode fazer uma visita guiada gratuita, entre 7 e 10 de junho, às 11h00 e às 17h00. O ponto de encontro é no Largo Luís de Camões.

muraliza, cascais

O Muraliza termina a 10 de junho e faz parte das comemorações do 650º Aniversário da sua Carta de Vila, promovidas pela Câmara Municipal de Cascais. No sábado, por exemplo, nomes como Ana Moura, João Gil, Paulo de Carvalho, Miguel Ângelo, Olavo Bilac e Tiago Bettencourt vão dar um concerto gratuito na Baía de Cascais.