Onde quer que vá, o Papa Francisco acaba sempre por receber muitos presentes que nunca chega a abrir ou sequer utilizar. É admirado por milhões de crentes. Então, embalado pelo espírito natalício, o sumo pontífice da Igreja Católica decidiu sortear essas ofertas para angariar fundos para caridade, conta o jornal britânico Telegraph.

A administração da cidade do Vaticano afixou, durante esta semana, cartazes do Vaticano a fazer publicidade ao sorteio – cada rifa custa 10 euros.

As rifas estão a ser vendidas no posto dos correios do Vaticano, farmácias e outras lojas abertas ao público. Os vencedores vão ser anunciados no dia oito de janeiro. E há prémios para todos os gostos: um Fiat 4×4, bicicletas ou máquinas de café personalizadas.

Conhecido pela sua simplicidade e modo de estar informal, o Papa Francisco tem vindo a executar um processo de restruturação das finanças do Vaticano de forma a direcionar mais fundos para caridade, escreve o Telegraph.

Este sorteio é só mais um passo desse esforço. É uma forma de assegurar que as prendas oferecidas ao Papa Francisco não ficam a ganhar pó numa das caves do Vaticano e ganham outra utilidade pública.