A convocação de eleições antecipadas na Grécia pelo primeiro-ministro grego Alexis Tsipras era um passo esperado e é bem-vindo, defendeu esta sexta-feira o presidente do Euro Working Group, Thomas Wieser, e diz que Tsipras está mais determinado a implementar o programa que os seus antecessores.

O austríaco, que lidera o grupo de trabalho composto pelos braços-direitos dos ministros das Finanças da zona euro que preparam as reuniões do Eurogrupo e por onde passam muitas das decisões técnicas do que vem a ser adotado no Eurogrupo, fez um elogio que Tsipras provavelmente não quereria receber em altura de eleições.

Para Thomas Wieser, Tsipras “mostrou mais entusiasmo, determinação na verdadeira implementação [do programa] que os seus antecessores, mesmo não gostando de partes do programa”.

Sobre as eleições que se avizinham, o influente presidente do Euro Working Group diz que o passo era esperado e que será bom para “clarificar a estrutura” do Governo, e acredita que Tsipras vai ganhar as eleições novamente.

O austríaco acredita também que o novo Governo que sair das eleições, que devem acontecer em meados de setembro, estabilize relativamente rápido e vê como natural que o ritmo de implementação de reformas abrande durante o período eleitoral, devido à falta de mandato político do Governo Syriza/Gregos Independentes até lá.