Cinco mil participantes na Web Summit registaram-se, até ao final de domingo, no aeroporto de Lisboa, e apesar do fluxo de passageiros ser maior, tudo tem decorrido “dentro da normalidade”.

A garantia foi dada à agência Lusa por Nuno Ferreira, diretor adjunto do Aeroporto Humberto Delgado, que avançou que até domingo ao final do dia cinco mil pessoas tinham sido acreditadas nas instalações do aeroporto para a Web Summit.

“Temos tido um bom fluxo de passageiros a passar pelo registo. O ‘feed back’ que temos recebido nas redes sociais sobre a operação e o registo dentro do aeroporto tem sido muito positivo”, disse Nuno Ferreira, adiantando “haver poucas filas e com pouco tempo de espera”.

Nuno Ferreira avançou que o próprio controlo de passaportes e recolha de bagagem tem sido “muito rápido”, lembrando que a antecipação com que as pessoas estão a chegar também tem contribuído para que tudo flua, aliada ao reforço das equipas naqueles pontos.

De acordo com o responsável, também não há registos nem de “grandes picos, nem grandes aglomerados de passageiros” nas zonas de registo, sublinhando que o registo de participantes na Web Summit na tenda montada para o efeito no exterior do aeroporto, junto à entrada da estação de metro, é feito “em menos de um minuto”.

Desde a sala de recolha de bagagens, e pelo caminho, os passageiros são alertados pelos funcionários do aeroporto e por cerca de 170 voluntários da Web Summit para a necessidade de “fazer o ‘download’ (descarregar) da ‘app’ (aplicação)”, podendo para tal utilizar “a infraestrutura de wi-fi gratuita do aeroporto”.

O aeroporto preparou também a iniciativa Airport Expo, com as autarquias de Lisboa e Óbidos e o Instituto Pedro Nunes, uma “montra” de 12 ‘startups’ (empresas em início de atividade) que estão a partir de hoje na zona das chegadas e partidas, neste último caso num espaço decorado pelo ‘grafiter’ brasileiro Utopia.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia, inovação e empreendedorismo que decorrerá este ano em Lisboa (e nos dois anos seguintes, com possibilidade de mais dois anos), onde são aguardados mais de 50.000 participantes, de mais de 165 países, incluindo mais de 20.000 empresas, 7.000 presidentes executivos, 700 investidores e 2.000 jornalistas internacionais.

Entre os oradores, estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.