Web Summit

Fique de olho nestas startups durante o Web Summit

108

São 20 startups de todo o mundo, selecionadas pela Microsoft para estarem presentes no maior evento de empreendedorismo, tecnologia e inovação

HUGO AMARAL/OBSERVADOR

Da Croácia à Suécia, de Israel a Portugal, estas 20 startups, integradas em aceleradores da Microsoft em vários pontos do mundo, são uma mostra do que de melhor se cria hoje e se ambiciona no futuro. Selecionadas pela Microsoft com base no seu potencial, estas startups têm a oportunidade de participar no Web Summit e usar o espaço da Microsoft Corporation – com cerca de 30 metros quadrados e quatro bancadas para demonstrações das startups – em regime de rotatividade.

Entre as 20 selecionadas, quatro são portuguesas. Traçámos o perfil de cada uma para que fique de olho nelas no Web Summit e nos próximos anos.

Quatro startups portuguesas entre as 20 notáveis

DEFINEDCROWD

Área: tecnologia e serviços de comunicação

Origem: Lisboa, com escritórios em Seattle, EUA

Esta startup lisboeta, incubada na Startup Lisboa e integrada na Microsoft Ventures de Seattle, constrói plataformas de recolha de informação para machine learning e inteligência artificial, acelerando, desta forma, os processos de teste e modelação das empresas. “Lidamos com empresas que estão no ranking das 500 maiores da Fortune”, salienta Daniela Braga, co-fundadora e CEO da DefinedCrowd. 100 por cento integrada na plataforma Microsoft Azure, Daniela explica que esse fato é um fator de confiança para os seus clientes: “os parceiros levam-nos a sério se temos o Office365”.

No alvo: fundada há pouco mais de um ano, em agosto de 2015, já arrecadou 1,1 milhões de dólares em investimento semente e 200 mil dólares em investimento pré-semente.

PRODSMART

Área: software para empresas, manufatura inteligente

Origem: Lisboa

Esta startup lisboeta dá às PME um serviço chave na mão até então apenas acessível a grandes empresas: com a Prodsmart, as empresas conseguem perceber em tempo real o estado do seu processo produtivo e o índice de desperdício. “Transformamos qualquer linha de produção numa digital smart factory”, sublinha Gonçalo Fortes, CEO da Prodsmart. Presente em Portugal, Alemanha e Roménia, encontra-se a reforçar a presença no Reino Unido e a preparar a expansão para os EUA em 2017.

No alvo: foi a grande vencedora do Startup Challenge, promovido pela Microsoft em parceria com a Embaixada dos EUA; tem a possibilidade de partilhar o espaço da Microsoft no Web Summit e vai poder integrar, durante um ano, o acelerador Canopy City, em Boston.

TRADIIO

Área: streaming de música, crowdfunding

Origem: Lisboa

A Tradiio é uma plataforma musical que funciona como um clube de fãs digital: agrega de forma efetiva um sistema de streaming com uma solução de crowdfunding, isto é, os fãs subscrevem diretamente os seus artistas preferidos e, em troca, contribuem com um valor, gerando receitas que apoiam a atividade artística.

No alvo: a startup foi integrada no programa de aceleração da Microsoft Ventures do Reino Unido e foi considerada em 2016 uma das 10 startups mais disruptivas do mundo, no ranking da Disrupt 100.

YUBUY®

Área: T-Commerce

Origem: Lisboa

Encomendar uma pizza ou comprar qualquer produto está à distância de um clique no comando da televisão. Esta startup lisboeta, fundada em julho de 2015, integra o e-commerce na experiência diária de televisão do utilizador e já tem parcerias com a Vodafone, MEO, Nos e a Samsung.

No alvo: “Queremos consolidar a plataforma de t-commerce, lançando novas t-stores. Esta nova experiência chama-se ‘t-commerce’”.

Startups de todo o mundo que estão a dar que falar

24 COMS

Área: comunicações

Origem: Alkmmar, Holanda

Começou como uma solução tecnológica orientada para a melhoria das mensagens entre dispositivos móveis, mas cedo percebeu as exigências cada vez mais escaláveis dos consumidores. Hoje, desenvolve uma plataforma de comunicação móvel segura e intuitiva, que otimiza o trabalho das equipas de marketing e vendas.

No alvo: fundada em abril de 2015, tem como próximo passo tornar-se a plataforma preferencial de comunicação móvel na área da realidade aumentada e Internet das Coisas.

AZALEAD

Área: software de marketing B2B

Origem: Nova Iorque, EUA, com escritórios em Paris, França

Consciente de que o comportamento do consumidor mudou – é mais experiente, independente e exigente –, a Azalead tornou também os recursos de marketing e vendas mais inteligentes de forma a direcionar o comportamento do consumidor e aumentar a probabilidade de compra.

No alvo: fundada em dezembro de 2014, já arrecadou a módica quantia de oito milhões de euros em duas rondas de investimento.

CHALLENGERMODE

Área: desporto e jogos

Origem: Estocolmo, Suécia

É o paraíso para os jogadores amadores de todo o mundo. A Challengermode permite-lhes participar virtualmente nos melhores jogos de computador, competir em torneios e até arrecadar prémios dos respetivos patrocionadores.

No alvo: fundada em novembro de 2014, arrecadou 700 mil euros em investimento semente/pré-semente.

COSCALE

Área: Tecnologias de Informação para empresas

Origem: Ghent, Bélgica

A plataforma CoScale faz a monitorização de tudo o que mexe artificialmente: servidores, aplicações e outras máquinas. Esta análise permite detetar problemas – e até antevê-los, facilitando o desempenho pró-ativo –, e prever o impacto na experiência dos utilizadores.

No alvo: integrou o programa de aceleração Microsoft de Londres, em 2016; já arrecadou 3,5 milhões de euros em capital de risco.

EMILY

Área: ativação de marcas, pesquisa de mercado, eventos inteligentes

Origem: Croácia

A Emily é a heroína da análise do comportamento dos consumidores. Através de um sistema de sensores de dados e imagem avançados, a Emily deteta o número de visitantes e o tempo de retenção de um mupi ou outdoor, por exemplo, reconhecendo inclusive o sexo, a idade e emoções.

No alvo: fundada em março de 2016, já testou o mercado piloto em Podravka e integrou o programa de parceiros comerciais da Microsoft.

GEOBLINK

Área: software empresarial, retalho

Origem: Madrid, Espanha

É o sonho para quem quer construir o próximo império ao estilo da Zara ou da Starbucks. Esta solução geospacial inteligente, baseada em tecnologia SaaS, consegue prever qual o melhor local para abrir outra loja de determinada cadeia, onde investir numa campanha de marketing ou identificar os fatores críticos de sucesso da performance de uma loja.

No alvo: desde a sua fundação, em março de 2015, já arrecadou sete galardões em eventos de startups e mais de um milhão de euros em investimento.

IPLYTICS

Área: marketing inteligente, Saas, big data

Origem: Berlim, Alemanha

A APlytics coloca a inteligência artificial ao serviço das tendências tecnológicas e da análise da concorrência. Através desta plataforma, os utilizadores têm acesso a big data que lher permitem analisar e monitorizar o respetivo mercado em profundidade.

No alvo: mais de 600 mil euros de investimentos e apoios angariados; participação no programa da IBB para 2017, um programa de financiamento público para startups sediadas em Berlim, que irá garantir à startup um empréstimo de 530 mil euros e um apoio direto de 300 mil euros.

LOGMATIC.IO

Área: SaaS analytics, clouds

Origem: Paris, França

O seu website ou aplicação não está a funcionar? A dor de cabeça pode desaparecer num piscar de olhos. A Logmatic.io é uma solução SaaS que centraliza e visualiza todos os dados provenientes de máquinas de forma rápida e eficiente, fornecendo feedback em poucos minutos.

No alvo: mais de 170 clientes em todo o mundo; parcerias com a Telecom ParisTech, Paris & CO e integração na Microsoft Ventures Accelerator.

MAPWIZE

Área: edifícios inteligentes e indoor mapping

Origem: Lille, França, com escritório em Boston, EUA

Já se perdeu alguma vez no interior de um edifício? Com certeza que sim. A MapWize é uma plataforma de indoor mapping, que significa literalmente mapear o interior do edifício, fornecendo aos utilizadores mapas em tempo real e todas as indicações georreferenciadas.

No alvo: a plataforma gere mais de um milhão de metros quadrados de interiores de edifícios na Europa e EUA.

NERVTECH

Área: robótica, Tecnologias de simulação e big data

Origem: Ljubljana, Eslovénia

O seu objetivo é alcançar a liderança na área de simuladores de movimento através da recolha, análise e avaliação de big data, permitindo a longo prazo desenvolver algoritmos e inteligência artificial para veículos autónomos. Enquanto não dá este passo, cria simulações em ambiente de tráfego real, recolhendo dados biométricos e neurológicos.

No alvo: foi integrada no ABC (Acceleration Business City), aceleradora que acolhe alguns dos melhores empreendedores do mundo.

PAYKEY

Área: pagamentos digitais

Origem: Tel Aviv, Israel

Esta startup israelita lançou uma solução de pagamentos digitais pioneira no mundo, partindo da premissa de que os utilizadores “vivem” nas redes sociais. Com esta aplicação, qualquer pessoa pode fazer um pagamento sem ter de entrar no site do seu banco; basta usar o teclado Paykey, integrado facilmente em qualquer rede social, do Facebook ao Whatsapp.

No alvo: foi integrada na aceleradora Microsoft de Tel Aviv; soma 10 galardões em vários eventos, entre os quais o de solução de social media mais visionária, no City Mobile Challenge EMEA.

RAKLET

Área: gestão de comunidades, redes sociais, setor não-lucrativo

Origem: São Francisco, EUA, com escritórios em Berlim, Alemanha

Esta startup norte-americana ajuda comunidades específicas, como ONGs, associações, clubes e partidos políticos a otimizar a sua esfera de ação, através de uma aplicação que permite a gestão integrada de dados, contactos, angariação de fundos e até organização de eventos.

No alvo: a Raklet está integrada na nova linha de produtos da Microsoft e conseguiu mil clientes em menos de um ano.

REALYTICS

Área: marketing e publicidade

Origem: Paris, França, com escritórios na Alemanha, Reino Unido e Austrália

A plataforma da Realytics permite às agências de publicidade e meios prever, medir e otimizar o impacto online das campanhas para televisão e rádio. É a união perfeita entre a publicidade offline e a ampliação online.

No alvo: a Realytics cresceu 500 por cento em 2015, trabalhando com 160 marcas e 13 agências de meios em oito países.

SENSOHIVE

Área: agricultura e construção

Origem: Odense, Dinamarca

A Internet das Coisas está, neste caso, ao serviço da agricultura, da construção e dos vários serviços. Os sensores inteligentes da Sensohive ajudam a monitorizar em tempo real a temperatura e a humidade; os dados são distribuídos diretamente da cloud para as plataformas dos utilizadores.

No alvo: a startup dinamarquesa já angariou mais de 600 mil dólares em rondas de investimento e obteve vários prémios, entre os quais a de melhor startups IOT 2016 no Nordic Startup Awards Denmark.

TRINITY

Área: soluções empresariais, clouds

Origem: Hong Kong, China, com escritórios em Shanghai, Londres e Singapura

Facilitar a licitação e o procurement, fornecendo às empresas uma solução para compras diretas e indiretas de forma mais rápida e eficaz, é o objetivo da Trinity, que também gera relatórios de eficiência após cada evento.

No alvo: parcerias com a China Telecom e a equipa comercial da Microsoft SMB para co-venda das soluções Trinity para gerar vendas da Microsoft Azure.

YAMGU

Área: Turismo e lazer

Origem: Turim, Itália

Esta startup italiana, fundada em 2014, usa um sistema semântico para recolher e analisar em tempo real dados que lhe permite ajudar o viajante a organizar a sua viagem, de acordo com as suas preferências.

No alvo: obteve 50 mil Euros de investimento público em 2015; 15 negócios fechados no valor de 10 mil Euros.

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: obslab@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)