As mais recentes imagens disponíveis do Model 3 foram captadas por um utilizador do reddit, durante um momento em que o modelo esteve num supercarregador a recarregar baterias, e permitem tirar conclusões várias acerca quer do seu design, quer de algumas das suas características funcionais. Na sua publicação, You You Xue cita mesmo a conversa que teve com o piloto de testes da Tesla que na altura conduzia o Model 3, o qual terá confirmado que a unidade em questão estava mesmo já muito próxima do que será o seu formato definitivo.

Um dos pormenores a merecer especial atenção é, desde logo, a colocação da tomada de carregamento, na face lateral do farolim traseiro esquerdo, sob uma tampa de abertura vertical que serve, também, como reflector. Notem-se, ainda, as jantes aerodinâmicas, que aqui parecem estar revestidas por pneus Michelin de baixa resistência ao rolamento, enquanto os sensores laterais do sistema de condução semiautónoma Autopilot parecem ser em tudo idênticos aos utilizados pelos Model S e Model X, tal como as câmaras dianteiras e o sensor de chuva montados na secção superior central do pára-brisas.

Quanto ao interior, o volante exibe um desenho bastante convencional, e confirma-se a ausência de um painel de instrumentos, tudo apontando para que o condutor do Model 3 receba informação através do enorme ecrã central do sistema de infoentretenimento. Também é possível que alguns dados sejam fornecidos através de um head-up display, algo que não é possível confirmar nas fotografias em questão.

Por outro lado, através do óculo traseiro, é possível perceber que o banco posterior conta com um encosto de cabeça central regulável em altura, o que muito poderá ajudar a incrementar a visibilidade traseira quando esse lugar não está a uso. Algo que não acontece no Model S, em que este elemento é fixo.

Por fim, mas não menos importante, atentando bem nos dados exibidos pelo ecrã do sistema de bordo, numa altura em que o Model 3 em questão estava a ser recarregado, podem tirar-se algumas ilações acerca da capacidade da bateria e da autonomia do modelo. Ou seja, no momento em que a fotografia foi tirada, a bateria estaria com 30% da sua capacidade, para uma autonomia de 95 milhas (152 km). Extrapolando para uma capacidade total, a autonomia superaria os 480 km, pese embora dependente do tipo de condução a que o veículo tenha sido sujeito, logo, não necessariamente correspondente aos ciclos de homologação que permitirão à Tesla anunciar valores oficiais.

Ainda assim, e como a Tesla já anunciou para a versão base do Model 3 uma autonomia “superior a 215 milhas” (346 km), o mais provável é que o exemplar agora apanhado seja uma versão equipada com o opcional pack de baterias que se espera que o modelo venha a disponibilizar, com uma capacidade em torno dos 75 kWh.