O índice de confiança dos consumidores norte-americanos na atividade económica do país estabeleceu-se nos 122,1 pontos em dezembro, contra 129,5 pontos em novembro, indicou esta quarta-feira o instituto Conference Board.

A média dos analistas consultados pela agência de informação financeira Bloomberg esperava que este indicador se situasse nos 128 pontos no último mês deste ano.

Sobre a situação atual, este indicador fixou-se nos 153,9 pontos, face aos 154,9 pontos do mês anterior, com a média dos analistas a apontar para os 156,6 pontos.

Quanto às expectativas futuras dos consumidores, este indicador situou-se nos 113,3 pontos em dezembro, contra 111 pontos em novembro passado, sendo que os analistas esperavam que se fixasse nos 99,1 pontos.

Trata-se de um indicador que pode sinalizar a atitude dos consumidores para gastarem mais ou menos, sendo que as despesas constituem uma parcela importante da atividade económica de um país.

Valores mais elevados significam um maior otimismo por parte dos consumidores e valores mais baixos correspondem a um menor otimismo.