479kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Bruno de Carvalho: "Vou a eleições. Vamos ver quem vence"

Este artigo tem mais de 4 anos

O ex-presidente do Sporting anunciou que vai candidatar-se às eleições e impugnar a Assembleia Geral que resultou na sua destituição. "Por muito que me queira afastar, não consigo!", escreveu.

i

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O ex-presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, anunciou as suas intenções de candidatar-se às eleições do Sporting, numa publicação na sua página no Facebook. O presidente destituído do Sporting revelou ainda que vai impugnar a Assembleia Geral deste sábado, que resultou na destituição do conselho diretivo do qual era presidente.

Agora acabou. Querem guerra. Eu compro! Vou impugnar a AG e o Presidente da SAD ainda sou eu! Vou a eleições. Vamos ver quem vence. Se são a maioria dos sócios ou os “podres” e os Viscondes!”, escreveu na publicação.

Noutra publicação feita às 6h00 deste domingo, Bruno de Carvalho disse que os resultados estavam viciados: “Um conjunto de cretinos viciaram os resultados de uma AG”. “Quem esteve na AG percebeu que os resultados estão ao contrário… mas chega!”, escreveu ainda.

Bruno de Carvalho recusou reconhecer o ex-presidente do Sporting Sousa Cintra como presidente da SAD: “Não Sousa Cintra, não és o Presidente da SAD pois para isso tens de passar por muitos passos.” Sousa Cintra foi anunciado por Artur Torres Pereira, na conferência de imprensa da Comissão de Gestão do Sporting, deste domingo, que tirou Bruno de Carvalho “do sério”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Recorde-se que na madrugada após a Assembleia Geral, Bruno de Carvalho disse aos sócios no exterior do Altice Arena que não se recandidatava porque se apaixonou “por um clube que já não existe”. O ex-presidente do Sporting chegou mesmo a ameaçar entregar o cartão de sócio do clube.

Agora, Bruno de Carvalho admite que não se consegue afastar: “Por muito que me queira afastar, não consigo! Bem sei o que disse amargurado, traído, ferido. Que não queria ser mais adepto nem sócio, mas NÃO consigo… Amo-te Sporting CP.”

O presidente destituído do Sporting disse que vai estar presente na próxima Assembleia Geral, marcada para o próximo dia 30, porque tem “direitos” dos quais não vai “abdicar”, mesmo que o queiram “expulsar de sócio”.

Sousa Cintra substitui Bruno de Carvalho na SAD: “Hoje, o Sporting voltou a ser um clube de confiança”

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.