Sporting

Bruno de Carvalho: “Vou a eleições. Vamos ver quem vence”

7.293

O ex-presidente do Sporting anunciou que vai candidatar-se às eleições e impugnar a Assembleia Geral que resultou na sua destituição. "Por muito que me queira afastar, não consigo!", escreveu.

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

O ex-presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, anunciou as suas intenções de candidatar-se às eleições do Sporting, numa publicação na sua página no Facebook. O presidente destituído do Sporting revelou ainda que vai impugnar a Assembleia Geral deste sábado, que resultou na destituição do conselho diretivo do qual era presidente.

Agora acabou. Querem guerra. Eu compro! Vou impugnar a AG e o Presidente da SAD ainda sou eu! Vou a eleições. Vamos ver quem vence. Se são a maioria dos sócios ou os “podres” e os Viscondes!”, escreveu na publicação.

Noutra publicação feita às 6h00 deste domingo, Bruno de Carvalho disse que os resultados estavam viciados: “Um conjunto de cretinos viciaram os resultados de uma AG”. “Quem esteve na AG percebeu que os resultados estão ao contrário… mas chega!”, escreveu ainda.

Bruno de Carvalho recusou reconhecer o ex-presidente do Sporting Sousa Cintra como presidente da SAD: “Não Sousa Cintra, não és o Presidente da SAD pois para isso tens de passar por muitos passos.” Sousa Cintra foi anunciado por Artur Torres Pereira, na conferência de imprensa da Comissão de Gestão do Sporting, deste domingo, que tirou Bruno de Carvalho “do sério”.

Recorde-se que na madrugada após a Assembleia Geral, Bruno de Carvalho disse aos sócios no exterior do Altice Arena que não se recandidatava porque se apaixonou “por um clube que já não existe”. O ex-presidente do Sporting chegou mesmo a ameaçar entregar o cartão de sócio do clube.

Agora, Bruno de Carvalho admite que não se consegue afastar: “Por muito que me queira afastar, não consigo! Bem sei o que disse amargurado, traído, ferido. Que não queria ser mais adepto nem sócio, mas NÃO consigo… Amo-te Sporting CP.”

O presidente destituído do Sporting disse que vai estar presente na próxima Assembleia Geral, marcada para o próximo dia 30, porque tem “direitos” dos quais não vai “abdicar”, mesmo que o queiram “expulsar de sócio”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)