Manuel Salgado vai deixar de ser vereador do Planeamento, Urbanismo e Obras Municipais. No mês em que completa 75 anos e 12 anos como autarca da Câmara Municipal de Lisboa, Salgado anunciou numa entrevista ao Expresso a sua saída.

“Esta decisão foi tomada no mandato anterior. Foi tomada de acordo com o presidente Fernando Medina, quando se constituíram as listas para o atual mandato. Este mês de julho, fiz 75 anos e completei 12 anos como autarca. A lei obriga os presidentes de Câmara a completarem apenas três mandatos [12 anos], não obriga os vereadores. Mas acredito convictamente que é necessário que as pessoas não se eternizem no poder e que seja dado o lugar aos novos e surjam novas propostas, novas soluções e novas formas de resolver os problemas”, afirmou.

“Não estou doente, sinto-me com forças para continuar a trabalhar, mas gostava de abrandar um pouco”, explicou. Sobre o seu primo Ricardo Salgado, Manuel Salgado considerou uma “argumentação ridícula” de que o seu trabalho “foi para beneficiar Ricardo Salgado”. “Não foi, não teve nada a ver com isso. Nunca beneficiei ninguém em particular e muito menos os meus familiares”, acrescentou.

O sucessor de Manuel Salgado é também anunciado pelo Expresso: trata-se Ricardo Veludo, coordenador da equipa de missão do Programa Renda Acessível.