Teclados táteis nos ecrãs dos smartphones e tablets são práticos, mas não substituem um teclado tradicional. Para tentar colmatar a necessidade de andar sempre com um teclado físico extra atrás, a Samsung divulgou esta terça-feira uma futura funcionalidade para a câmara frontal de aparelhos que pode chegar brevemente. A tecnologia chama-se Selfie Type e, com recurso a inteligência artificial, cria um teclado invisível em qualquer superfície plana.

[O vídeo de apresentação do Selfie Type]

A funcionalidade foi revelada na edição de 2020 da CES, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo que começou esta terça-feira em Las Vegas, nos EUA. Apesar de o Selfie Type ser menos rápido do que um teclado tradicional — e não ter a vantagem de o utilizador poder sentir o bater de uma tecla — para o acionar basta pôr um smartphone ou tablet com a câmara frontal a apontar para as mãos para a começar a escrever. Até pode fazê-lo em cima da mesa.

A tecnologia foi desenvolvida pelo Samsung’s C-Lab program, como revela o The Verge, um laboratório da Samsung focado em criar ideias mais fora da caixa mas que possam ser úteis para os utilizadores.

Neste produto a chave para tudo funcionar é a inteligência artificial. No entanto, ainda não há testes reais disponíveis para saber até que ponto pode fazer parte do futuro da escrita digital.

Não é a primeira vez que uma empresa cria um “teclado invisível”. Contudo, este é o primeiro conceito da ideia que utiliza apenas a câmara frontal de um equipamento e não outras técnicas como projeção por laser. Tem a desvantagens de o utilizador ter de saber de cor onde estão as teclas do teclado, mas a vantagem de poder ser facilmente lançado na maioria dos aparelhos com estas câmaras no mercado.