440kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

O escândalo estava a começar: Juventus perde com o AC Milan em casa, desce a quinto e não depende de si para a Champions

Este artigo tem mais de 1 ano

Num jogo decisivo na luta pela Champions, Juve foi vulgarizada pelo AC Milan em Turim e desceu para o quinto lugar, dependendo agora de terceiros para voltar à Liga milionária na próxima época (0-3).

Ronaldo foi um dos piores jogadores da Juventus frente ao AC Milan, não conseguindo tocar na bola na área contrária durante toda a primeira parte
i

Ronaldo foi um dos piores jogadores da Juventus frente ao AC Milan, não conseguindo tocar na bola na área contrária durante toda a primeira parte

Ronaldo foi um dos piores jogadores da Juventus frente ao AC Milan, não conseguindo tocar na bola na área contrária durante toda a primeira parte

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os dois golos de Ronaldo em Udine nos minutos finais deram uma complicada vitória à Juventus mas não foram suficientes para disfarçar uma crise que parece instalada de vez no clube e na equipa, que voltou a fazer uma exibição muito aquém frente à Udinese quando não tinha margem de erro. Essa era sobretudo a ideia que se iria prolongar para a receção ao AC Milan: a Vecchia Signora não podia falhar. E falhou, de forma pesada. Tanto que desceu ao quinto lugar, a um ponto do Nápoles e a três de AC Milan e Atalanta na luta pela Champions.

“Io sono qui!”: Ronaldo volta aos golos quase um mês e depois de carimba reviravolta da Juventus com bis em dez minutos

Com Morata no lugar de Dybala na frente, entre os regressos às opções inicias de Rabiot e Chiesa, a Juventus teve uma entrada mais pressionante, com boas aproximações mas a ver quase todos os remates prensados na defesa de um AC Milan que foi conseguindo outro protagonismo com recuperações na zona do meio-campo que davam saídas rápidas com Brahim Díaz como principal referência, como aconteceu num remate forte mas para defesa de Szczesny que foi o único enquadrado e com perigo na primeira meia hora. Chiellini, na sequência de um canto com cabeceamento ao segundo poste sem oposição ao lado, teve aquela que viria a ser a melhor chance da Juventus na primeira parte antes de um último forcing do AC Milan que deu frutos antes do intervalo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Depois de um lance em que Theo Hernández ganhou a linha pela esquerda e viu Alex Sandro desviar para canto quando Ibrahimovic se preparava para encostar para golo, Brahim Díaz, que tinha conseguido o único remate enquadrado até então, inaugurou mesmo o marcador num grande tiro ao ângulo após segunda bola que nasceu de uma saída mal medida de Szczesny e colocou os rossoneri na frente em período de descontos (45+1′).

[Clique nas imagens para ver os golos do Juventus-AC Milan em vídeo]

Logo no primeiro minuto da segunda parte, a Juventus deu sinais de que queria colocar outra intensidade na frente com Betancur a obrigar Donnarrumma a uma defesa apertada para canto após assistência de Morata. No entanto, aquilo que se veria daí para a frente não passaria de um adensar do pesadelo instalado na equipa de Turim: já depois de Kessié desperdiçar uma grande penalidade e de Ibrahimovic ter saído lesionado num lance sozinho, Rebic entrou para aumentar a vantagem do conjunto de Milão para 2-0 num remate ao ângulo de fora da área (78′) e Tomori fechou a grande vitória rossoneri com um cabeceamento na área (82′).

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.