É raro Cristiano Ronaldo exibir o seu jipe Mercedes AMG G63, que se é o menos elegante e aerodinâmico dos veículos da sua colecção, não deixa de ser um dos modelos mais potentes da sua garagem. O G63 foi uma surpresa da espanhola Georgina Rodríguez, que o encomendou à Brabus, preparador que tem por hábito executar versões especiais à altura, sem olhar ao preço e concentrando-se apenas na potência e na capacidade de aceleração.

O Brabus AMG G63 foi oferecido pela namorada do jogador português por ocasião do seu 35º aniversário, em Fevereiro do ano passado, sendo uma execução especial sobre a base do jipe Mercedes AMG G63, um dos jipes mais “pesadões” do mercado e menos aerodinâmico. Mas isso é antes de os técnicos da Brabus se debruçarem sobre o modelo.

O motor 4.0 V8 biturbo que equipa de série o G63, com 585 cv, foi substituído pela Brabus por um V12 biturbo, do antigo Classe S 600, mas agora com 900 cv. Apesar das dimensões mastodônticas do G63 Brabus e do seu generoso peso, o jipe, que possui dos sistemas mais eficientes de transmissão 4×4 para esta classe de veículos, é capaz de atingir 280 km/h e ir de 0-100 km/h em somente 3,8 segundos.

Ronaldo surge hoje como o 3º atleta mais bem pago do mundo com 120 milhões de dólares. A lista da Forbes coloca-o logo atrás do lutador do MMA Conor McGregor, com 180 mihões, e de Leonardo Messi (130 milhões), mas à frente de Dak Prescott (107,5 milhões), Lebron James (96,5 milhões), Neymar (95 milhões), Roger Federer (90 milhões), Lewis Hamilton (82 milhões), Tom Brady (76 milhões) e Kevin Durant (75 milhões).