818kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Internacional português de râguebi de 22 anos morre em acidente de viação em França

Lusodescendente jogava atualmente no terceiro escalão competitivo francês e foi vítima de um acidente de viação. Federação Portuguesa de Râguebi confirma notícia.

O internacional português de râguebi Pierre-Mathieu Fernandes morreu este sábado em França, aos 22 anos, vítima de acidente de viação, informou o seu clube, em comunicado, informação confirmada momentos depois pela Federação Portuguesa de Râguebi (FPR).

“Foi com profunda tristeza e uma grande emoção que tivemos conhecimento da morte de um dos nossos jogadores, Pierre-Mathieu Fernandes, num acidente de viação esta manhã. Pierre-Mathieu tinha apenas 22 anos”, escreveu o Vienne, sem adiantar mais detalhes.

Além de já ter jogado na seleção principal, Fernandes sagrou-se vice-campeão europeu de râguebi ao serviço de Portugal em 2021.

“A FPR deixa os mais sinceros sentimentos a toda a família do Pierre e agradece o seu contributo para a modalidade”, escreveu o organismo, numa nota de pesar publicada nos seus canais oficiais.

Formado no Clermont, o pilar lusodescendente jogava atualmente no Vienne Rugby, da Nationale 1, terceiro escalão competitivo francês, depois de ter alinhado, na época passada, no Chambéry.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos