Explicador

O BCE vai mesmo fazer o impensável?

Janeiro 201518 Janeiro 2015
Edgar Caetano

Porque está o BCE sob pressão para lançar mais estímulos?

Pergunta 1 de 8

O Conselho de Governadores do Banco Central Europeu (BCE) reúne-se esta quinta-feira em Frankfurt, na sede da instituição, num encontro que poderá ficar para a História da zona euro. Estará iminente o anúncio de um programa de compra de dívida pública por parte da autoridade monetária, algo que já tem vindo a ser feito em outros “gigantes” económicos como os EUA, o Japão e o Reino Unido. A confirmar-se, será uma medida com implicações vastas para a economia europeia e uma decisão inédita e que era, até há bem pouco tempo, impensável. Porque está, então, o BCE sob toda esta pressão para lançar mais estímulos?

A resposta é simples: o BCE tem um mandato para cumprir – manter a taxa de inflação “perto, mas abaixo, de 2% no médio prazo” – mas há dois anos que a realidade se afasta cada vez mais do objetivo da inflação. A taxa de inflação anual deslizou em dezembro para -0,2% e, mais importante que isso, o próprio BCE não prevê uma aceleração significativa nos próximos dois anos. É preciso fazer mais para evitar que algo que pode não ser mais do que uma baixa transitória dos preços possa enraizar-se na economia, criando o risco de algo ainda mais grave do que uma inflação baixa por demasiado tempo: uma espiral deflacionista como a que se viveu no Japão nas últimas décadas.

Mario Draghi reconheceu, em entrevista publicada num jornal alemão a 2 de janeiro, que “o risco de não cumprirmos o nosso mandato da estabilidade de preços é maior do que era há seis meses”, o que foi lido como mais uma tentativa do presidente do BCE de preparar os mercados para um novo programa de estímulos e, também, de convencer os cidadãos alemães da eventual necessidade de avançar para a compra de dívida pública.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)