Um post de Facebook publicado por um utilizador comum partilha uma suposta imagem da edição online do Expresso com o título “Holanda questiona Costa se quer ficar fora do Euro”. No entanto, o jornal Expresso não publicou nenhuma notícia com aquele título e aquela imagem trata-se de uma montagem criada para veicular uma notícia errada. Por isso, importa dizer já que este post é falso.

Publicação em que aparece a imagem do Expresso manipulada, veiculando uma informação falsa

À altura em que escrevemos este fact-check, este post já tinha recebido mais de 400 likes, um total de 300 comentários e foi partilhado 289 vezes. Em alguns dos comentários, já tinha havido quem apontasse o dedo à manipulação qie tinha sido feita à imagem: não foi a Holanda que perguntou a António Costa se queria sair do euro, mas antes António Costa que, numa entrevista de 10 de abril à Lusa, sugeriu que a Holanda podia sair da moeda comum europeia ou da União Europeia (UE).

Esta é a citação em causa:

Temos de saber se podemos seguir a 27 na União Europeia, a 19 [na zona euro], ou se há alguém que queira ficar de fora. Naturalmente, estou a referir-me à Holanda.”

Essa citação foi de resto puxada para o título escolhido pelo jornal Expresso na sua versão online, onde se lia: “Costa questiona se Holanda quer ‘ficar de fora’ da UE”. Além disso, o Observador, que publicou o mesmo artigo da Lusa, também utilizou a mesma ideia no título: “Costa: ‘Temos de saber se podemos seguir a 27 na União Europeia’ ou se a Holanda ‘vai querer ficar de fora'”.

A imagem original do Expresso, com o título que remete para as declarações de António Costa

Esta citação de António Costa surgiu no contexto da oposição (entretanto contornada) da Holanda à ideia de os países da zona euro criaem um programa de mutualização da dívida, decorrente da crise do coronavírus — os coronabonds, como ficou conhecido.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A referência direta de António Costa à Holanda ficou motivada por um episódio já amplamente noticiado, no qual o primeiro-ministro português classificou como “repugnante” o pedido do ministro das Finanças holandês, Wopke Hoekstra, por uma investigação a países como Espanha e Itália — sugerindo que a falta de meios para fazer frente a esta crise de forma autónoma poderia ter origem em irregularidades. Mais tarde, o mesmo ministro viria a fazer um mea culpa o que não invalidou que fossem criadas notícias falsas na sequência do episódio, como esta que agora desmentimos ou ainda esta.

Ministro holandês disse que “dar dinheiro a políticos portugueses é como colocar um gato a guardar um cabaz de sardinhas”?

Conclusão

É falso que o Governo da Holanda tenha sugerido ou perguntado a António Costa se queria ficar fora da zona euro ou da União Europeia. Na verdade, o que aconteceu foi precisamente o contrário: foi António Costa que sugeriu se a Holanda queria ou não continuar na zona euro. Porém, essa sugestão não foi feita diretamente ao Governo da Holanda, mas sim numa entrevista à agência Lusa.

O autor deste post falso aproveitou essa entrevista da Lusa e, pegando numa imagem do Expresso, utilizou-a para criar uma informação falsa.

Assim, segundo a classificação do Observador, este conteúdo é:

Errado

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

Nota 2: O Observador faz parte da Aliança CoronaVirusFacts / DatosCoronaVirus, um grupo que junta mais de 100 fact-checkers que combatem a desinformação relacionada com a pandemia da COVID-19. Leia mais sobre esta aliança aqui.

IFCN Badge