820kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Ricardo Pinheiro Alves

Convidado

Artigos publicados

União Europeia

O federalismo é uma ameaça para a União Europeia

A federalização da UE significaria que os portugueses, e os restantes povos, seriam afastados de decisões que lhes dizem directamente respeito. E isso não é aceitável numa verdadeira democracia.
Defesa

A Defesa deve estar na ordem do dia

Há que voltar a colocar a Defesa na ordem do dia, para preparar o futuro e para acelerar o crescimento económico, para que na nossa vida predomine a paz, a segurança e um nível de vida confortável.
5 de Outubro

Devemos celebrar o 5 de Outubro de 1910?

Ao ser uma imposição forçada que visa dividir, o 5 de Outubro de 1910 não é consensualmente reconhecido como sendo historicamente benéfico para Portugal e não é um factor de união entre os portugueses
Habitação e Urbanismo

António Costa: há 16 anos a falhar na habitação

António Costa esperou oito anos para apresentar o pacote “Mais Habitação”. Ao aumento da procura que se verifica desde o início da sua governação, respondeu com barreiras ao crescimento da oferta.
Congresso do CDS

CDS: uma pobreza “franciscana”

A única saída para o CDS é um congresso onde se discuta o futuro do partido e onde se possam discutir propostas para o país, sem deixar órfã uma parte significativa da população que se revê no partido
CDS-PP

Uma solução para o CDS?

O CDS precisa de recuperar o eleitorado tradicional que o abandonou. Para isso tem de se afirmar inequivocamente de direita o que é incompatível com o discurso das “causas” manipuladas pela esquerda.
Educação

Onde estão os colégios privados?

Esta promoção da inutilidade entre os jovens pode ser a que melhor serve os interesses do Sr. Tiago e do Sr. Costa, mas não serve os interesses do país. Para quando uma reacção dos colégios privados?
Eleições Presidenciais

Por favor, não votem em Marcelo!

Tal como Marcelo tentou puxar pelo ânimo dos portugueses, deveria também ter tentado puxar pelas reformas do Governo. Não o fez e preferiu a gestão da conjuntura e a estagnação na estabilidade.
Racismo

Intolerância, racismo e liberdade

O racismo é um mal. Mas a maldade faz parte do ser humano e mesmo que a quiséssemos eliminar não o conseguiríamos sem transformar os indivíduos em escravos. E isso é muito pior do que o racismo.
Monarquia

D. Juan Carlos I, uma merecida e singela homenagem

D. Juan Carlos I merece uma homenagem pela forma exemplar e única como, em conjunto com D. Adolfo Suárez, geriu a transição da sociedade espanhola de uma ditadura para uma democracia.
Economia

“Como é que o futuro vai evoluir? Não sabemos”

A páginas tantas perdi a paciência para ler mais. O documento da “Visão” é enfastiante e não resolve os problemas do país. Tem uma utilidade óbvia: serve para que jornais e televisões falem do Governo
Economia

A globalização não está em risco 

A globalização é um fenómeno descentralizado, promovido pela acção de biliões de pessoas, sem qualquer “organizador” a comandá-la. Esta é a melhor garantia de que a globalização veio para ficar.
Crescimento Económico

O futuro da economia portuguesa

O mito de que é através do ambiente e da digitalização que o nível de vida dos portugueses vai convergir com o dos alemães está instalada entre nós mas pode ser contraproducente pelas ilusões que cria
Comunicação Social

Uma imprensa plural e representativa

Apesar das redes sociais e do digital, a imprensa portuguesa precisa de muito mais pluralismo para que possa efectivamente representar as diferentes visões que coexistem na sociedade portuguesa.
União Europeia

Nunca mais aprendemos – Parte 2

Os últimos 20 anos mostram que o país todo se está a transformar num enorme Alentejo dentro da UE (eu sou alentejano), que vive cada vez mais dependente de subsídios e do Estado. Há quem goste. Eu não
Europa

União Europeia: Nunca mais aprendemos

Como o choque incide de forma diferente nos países, o esforço de recuperação também deve ser assimétrico. Um esforço simétrico liderado pela Comissão resultaria em políticas erradas para vários países
25 de Abril

O “Alçapão de Abril”

O 25 de Abril devia servir para festejar a Liberdade que se consolidou a 25 de Novembro, dia em que os que tentaram abrir o “Alçapão de Abril” para aí enfiar essa Liberdade “levaram” com ele na cabeça
Reforma do Estado

O vírus da reforma do Estado

Ao contrário do coronavírus, o vírus da reforma do Estado tem agora uma oportunidade única para se propagar. Haja vontade para isso entre os portugueses.
Coronavírus

Os “Coronabonds” são uma solução indesejável

A emissão de dívida mutualizada significa a transferência de poder do governo nacional eleito com os nossos votos para uma entidade não eleita e por isso sem qualquer legitimidade democrática.
Coronavírus

Crónica da morte anunciada do federalismo

A patente inutilidade (e indesejabilidade) da Comissão Europeia no combate ao Coronavírus contraria toda a fé ilusória que os portugueses têm na intervenção da UE para a resolução dos seus problemas.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos