804kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Sequestro do navio luso por parte do Irão viola o direito internacional

João Annes, do Observatório de Segurança e Defesa, equipara o discurso iraniano ao das milícias Houthis, que têm atacado diversos barcos por suspeitas de estarem a fornecer bens a Israel.

Navio cargueiro ESER de bandeira do Panamá no porto da Cidade da Praia, Cabo Verde, 22 de outubro de 2019. De acordo com um comunicado divulgado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) de Cabo Verde, em causa está a operação “ESER”, que em 31 de janeiro conduziu à maior apreensão de droga no país, detetada num navio cargueiro de bandeira do Panamá (de nome “ESER”) que atracou no porto da Praia transportando 9.570 quilogramas de cocaína de “elevado grau de pureza”, incinerada pelas autoridades dias depois. PAULO JULIÃO/LUSA

Oiça Resposta Pronta em podcast

Capa do programa

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Há 4 anos recusámos 90.568€ em apoio do Estado.
Em 2024, ano em que celebramos 10 anos de Observador, continuamos a preferir o seu apoio.
Em novas assinaturas e donativos desde 16 de maio
Apoiar

19 MAIO 2024 - SEDE OBSERVADOR

Hoje transfóbicos.
Às quintas wokistas.
Amanhã comunas.
Às terças fascistas.

Apoie o jornalismo que há 10 anos se pauta pela liberdade de expressão e o nunca vergar por qualquer tipo de intimidação.
Atos de vandalismo não nos calarão.

Assine 1 ano / 29,90€

MELHOR PREÇO DO ANO