819kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Cimeira de Minsk

Vladimir Putin

Putin, Merkel e Macron discutem Acordos de Minsk

Segundo o Kremlin, que anunciou a conversação telefónica entre os três, "discutiram a fundo a preocupante situação decorrente da paragem do processo de solução do conflito interno na Ucrânia".
Guerra na Ucrânia

Rússia e Ucrânia. Presidentes reúnem-se em Paris

O Presidente ucraniano e o Presidente russo reúnem-se esta segunda-feira pela primeira vez. O encontro será mediado pela França e pela Alemanha e visa encontrar uma solução para o conflito ucraniano.
Guerra na Ucrânia

Poroshenko fala hoje com Merkel, Hollande e Obama

Presidente ucraniano vai falar ao telefone com a chanceler alemã, com o presidente francês e depois com o presidente norte-americano sobre a situação no leste da Ucrânia, antes do novo cessar-fogo.
Cimeira de Minsk

Ucrânia avisa que será difícil cumprir acordo

Poroshenko preocupado com acordo. Angela Merkel diz que cessar-fogo na Ucrânia é uma "luz de esperança", embora considere que "verdadeiro teste" será se o acordo no terreno.
Guerra na Ucrânia

A Cimeira de Minsk não terá sido um fiasco?

Esperemos que não seja necessária mais uma Cimeira de Minsk para apagar o fogo da guerra que se alastra na Europa. Mas as interrogações são muitas pois muitos foram os temas deixados em aberto.
Cimeira de Minsk

Acordo em Minsk para cessar-fogo, anuncia Putin

Foi o próprio Presidente russo o primeiro a dizer que há um acordo para cessar-fogo na Ucrânia. Hollande fala em "grande alívio" mas alerta que não está tudo resolvido.
Fotogaleria

Na Ucrânia não há um conflito, é guerra mesmo

Desde o início dos confrontos entre separatistas pro-russos e militares ucranianos já morreram mais cinco mil pessoas na Ucrânia. A destruição tornou-se uma realidade nas ruas daquele país.
Cimeira de Minsk

Obama: Rússia tem de parar "atuação agressiva"

Presidente dos EUA diz que Vladimir Putin deve aproveitar a Cimeira de Minsk, esta quarta-feira, para cortar o apoio aos separatistas pró-russos na Ucrânia. Caso contrário, "os custos vão subir".

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Vivemos tempos interessantes e importantes

Se 1% dos nossos leitores assinasse o Observador, conseguiríamos aumentar ainda mais o nosso investimento no escrutínio dos poderes públicos e na capacidade de explicarmos todas as crises – as nacionais e as internacionais. Hoje como nunca é essencial apoiar o jornalismo independente para estar bem informado. Torne-se assinante a partir de 0,18€/ dia.

Ver planos