437kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Adolescentes

Porque Sim Não é Resposta

Os homens ainda preferem as mulheres "do passado"?

Quando procuramos o amor não queremos alguém que se possa dominar. A ideia das mulheres "belas, recatadas e do lar" ou o receio de serem bem sucedidas é só um: insegurança.
Porque Sim Não é Resposta

Monogamia é coisa do passado?

A monogamia não é um prisão e não passou de moda. No entanto, quando gostamos muito de alguém não estamos alheios a outras pessoas.
Porque Sim Não é Resposta

O que sobra quando o amor acaba?

A relação começa a arrefecer e quando está morna já dificilmente se recupera. Muitos casais mantêm-se juntos, mas só resta a amizade. A boa notícia é que é possível agir preventivamente
Porque Sim Não é Resposta

Pode o passado estragar uma relação?

A "bagagem emocional" é um fator fundamental numa relação. Mas é possível aprender com os medos e inseguranças. Jogar à defesa impede-nos de experimentar a felicidade.  
Porque Sim Não é Resposta

O dia do filho único para quem tem irmãos

É urgente criar um espaço de cumplicidade com cada um dos filhos. É uma forma de os fazer sentir especiais. Mesmo que seja durante pouco tempo, essa partilha é fundamental
Porque Sim Não é Resposta

O que é isso de "estar a sair de uma relação"?

É delicado e embaraçoso. Esperamos um clique para apagar aquela pessoa de dentro de nós. A vida acontece e quando estamos a recuperar de uma relação somos atropelados por alguém surpreendente. 
Porque Sim Não é Resposta

Os mal-entendidos entre pais/filhos que os afastam

Até que idade os pais podem ser "entidade reguladora"? Os filhos devem ganhar autonomia com toda a naturalidade, mesmo que precisem para sempre dos pais. 
Porque Sim Não é Resposta

Há ou não más pessoas?

Há! E as piores não são as pessoas descaradamente más... Os maus são sempre os outros? As nossas "maldades" têm sempre desculpa, mas e as dos outros?
Porque Sim Não é Resposta

"É muito difícil ser adolescente"

No episódio de hoje de Porque Sim Não É Resposta, o psicólogo infantil Eduardo Sá deixa dicas para os pais saberem como lidar com os primeiros tempos da adolescência, sempre complicados.
Porque Sim Não é Resposta

O que é uma relação tóxica?

Uma relação destas é irrecuperável e sempre violenta. Que sinais podemos identificar? E qual o papel dos amigos e familiares? É preciso não esquecer que o "tóxico" é sempre um manipulador
Porque Sim Não é Resposta

Como lidar com quem "não ata nem desata"

Como vemos quem fica a meio da ponte, que não gosta nem desgosta. Aceita-se como ponderação ou causa frustração?   
Porque Sim Não é Resposta

Todos temos direito ao esquecimento?

Uma trituradora de memória para apagar aquelas situações mais embaraçosas ou dolorosas. O que fica para sempre na Internet, os "percalços" da adolescência ou nas relações: há sempre quem não esqueça. 
Porque Sim Não é Resposta

A "cegueira parental" que prejudica as crianças

Os pais exageram sempre na autoestima dos filhos: "Não é por ser meu filho, mas é muito inteligente". Destacar o que têm de bom tem benefícios, estar sempre do lado deles - nem sempre
Porque Sim Não é Resposta

Quando perguntam: "Mãe, de onde vêm os bebés?"

É a pergunta difícil que deixa os pais embaraçados. Não há respostas infalíveis. Muitas vezes basta dizer: "a mãe o pai gostam muito um do outro e de repente nasceste tu". 
Porque Sim Não é Resposta

Quando apresentar o companheiro/a aos filhos

O bom senso manda sermos claros com os filhos. Eles sabem perfeitamente o que quer dizer: "este é o amigo/a da mãe". Mas e quando a outra parte não quer assumir a relação perante os filhos?
Porque Sim Não é Resposta

Como um filho pode espatifar uma relação

Tanto une uma relação, como pode levar ao afastamento do casal. O pai anda à procura do seu lugar, a mãe está assoberbada com o bebé. A comunicação torna-se mais difícil e o fosso pode ser irreparável
Porque Sim Não é Resposta

Quando os filhos não saem da casa dos pais

Os jovens adultos estão a sair cada vez mais tarde da casa dos pais. Por comodismo ou por necessidade? 
Porque Sim Não é Resposta

A crise da meia idade existe?

Não é mito, é uma coisa muito séria! Afeta mais os homens do que as mulheres? Sim, os homens têm a mania que são adolescentes a vida toda...
Porque Sim Não é Resposta

Uma relação precisa de "um dia para o amor"

Instituir um dia ou um momento dedicado ao amor: sim ou não? Não deve ser uma obrigação, o importante é cuidar da relação e "abrir janelas" que pela azáfama do dia-a-dia permanecem fechadas.   
Porque Sim Não é Resposta

É humilhante os pais comunicarem pelos filhos

No final de uma relação deve existir uma "zona de exclusão"? É possível continuar amigo ou amiga do ex-companheiro? 
Porque Sim Não é Resposta

Não se supera a morte de um filho

Cristiano e Georgina perderam um dos filhos gémeos. Viver o luto da morte de um filho e agarrar-se à vida do outro é duro. Não se explica como é que perdemos os que amamos, porque não se percebe. 
Porque Sim Não é Resposta

Devo deixar o meu filho ir à viagem de finalistas?

Estas "férias" são uma excitação sem fim de milhares de adolescentes à solta. Esta semana, um jovem de 18 anos morreu em Espanha. Qual o impacto nos amigos? Os pais devem ficar preocupados?
Porque Sim Não é Resposta

É permitido "flirtar" quando estamos numa relação?

É... e é sinal que estamos vivos. Há quem tenha uma maior "tendência" para o flirt ou para namoriscar. Há quem seja profissional do flirt, mas isso não tem piada nenhuma. 
Porque Sim Não é Resposta

O filho não manda nas relações do pai

Analisamos a reação de um filho, adulto, que vive com o pai/mãe, e que se recusa a viver com a nova namorada/namorado. Quando esta situação é real, algo falhou na relação pais e filhos.  
Porque Sim Não é Resposta

Há quebras de confiança que matam relações

Uma relação constipada jamais tem cura? Depende da quebra de confiança. Quando o trauma é grande e não há "lixivia" que o apague, pode ser o fim do relacionamento.  
Porque Sim Não é Resposta

Uma pitada de ciúme dá sempre paladar à relação

Como é que o ciúme pode afetar uma relação? O "ciúme q.b" faz parte e é saudável. O ciúme doentio é apenas a demonstração patológica de uma doença grave.   
Porque Sim Não é Resposta

Como lidar com quem não quer ouvir?

Um modo de vida ou um arrufo? A ideia de que as mulheres falam e falam não está de todo errada, mas os homens também podem ser casmurros! Como debater com quem não quer ouvir os argumentos dos outros?
Porque Sim Não é Resposta

Os homens acreditam menos na terapia

É uma questão geracional, mas os homens também têm dificuldade em assumir o que sentem. "Só vim cá porque a minha mulher me mandou" ainda é muito comum. 
Porque Sim Não é Resposta

Acabar uma amizade por mensagem. Como reagir?

Respondemos a um ouvinte que foi surpreendido por uma mensagem: "E quando um amigo nos diz que não quer manter a amizade e pede para não ser mais contactado?"
Porque Sim Não é Resposta

Existe aprendizagem sem sofrimento?

"As coisas têm de doer para saberem melhor". Frase feita? Ou é mesmo assim? O que custa a conquistar acaba por nos saber melhor, mas façamos o teste do algodão: uma relação que dói muito está errada
Porque Sim Não é Resposta

Ser pai de 2.ª viagem tem o mesmo entusiasmo?

Respondemos à pergunta de um ouvinte: um pai, num segundo casamento, recebe o novo filho como se fosse o primeiro ou com menos entusiasmo?
Porque Sim Não é Resposta

Um perdão atrasado ainda tem valor?

Will Smith só conseguiu pedir desculpa a Chris Rock mais de 24 horas depois. Cedemos às emoções quando erramos e depois temos tendência a reprimir o pedido de desculpas porquê?
Porque Sim Não é Resposta

O primeiro filho é sempre o menino da mamã?

Não há como contornar, o primeiro filho é sempre mais protegido. A atenção da mãe é sempre redobrada. E cria-se uma cumplicidade tal que por vezes nem sequer são precisas palavras, apenas um olhar.
Porque Sim Não é Resposta

Porque é que é tão difícil dizer "obrigado"?

O problema é acharmos que a gratidão é sinal de fraqueza. Um erro incalculável que nos impede de crescer. Porque aquilo que somos é, sem dúvida alguma, graças a todas as pessoas que nos deram a mão.
Porque Sim Não é Resposta

Como é que aceito ficar a falar sozinho?

A indiferença é bem pior do que o confronto. Quando viramos as costas sabemos que estamos a enfurecer o outro. E será que é aceitável? É que há sempre alguém que paga as despesas da conversa.
Porque Sim Não é Resposta

Quando os pais se divorciam também dos filhos

Pais que se afastam dos filhos depois do divórcio causam um dano irremediável nas crianças. Uma ferida difícil de sarar como se faltasse sempre uma peça fundamental na construção do seu amor próprio.
Porque Sim Não é Resposta

"Não sou uma pessoa fácil"

Porque é que alguém faz tanta questão de dizer que não é uma pessoa fácil? Talvez porque não queremos passar a imagem de que somos demasiado fáceis. Ou será este um passaporte para erros do futuro?
Porque Sim Não é Resposta

Dia do pai. O que é mais importante celebrar?

"O amor". Amanhã assinala-se mais um dia do pai. Antigamente eram "ausentes oficiais" porque a sociedade obrigava. Agora são uma espécie de vitamina de crescimento, entidade reguladora e força serena.
Porque Sim Não é Resposta

Como falar de suicídio com os jovens?

A adolescência tem vários momentos sombrios e é preciso ter atenção ao sofrimento dos mais jovens; mas há que acompanhar os mais novos quando o suicídio anda por perto.
Porque Sim Não é Resposta

Os rótulos nas crianças demoram a sair

Em vez de impor a nossa realidade, temos de criar estratégias para atenuar as dificuldades. Se receia que o seu filho tem um atraso no desenvolvimento, procure ajuda; mas de técnicos qualificados.
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.