Moda

Como fazer com que os collants durem mais tempo

553

Quantas vezes deu por si a meio do dia com os collants rasgados? Siga esta lista de dicas reunidas pelo Observador com a ajuda do "Rei das Meias" e diga adeus aos rasgões e borbotos.

Quando estiver a vestir as meias, evite usar anéis, pulseiras e relógios que possam puxar os fios e rasgar os collants.

Olaf Speier/iStock

Autor
  • Sílvia Silva

Os collants são como uma aposta. Podemos investir muito dinheiro a comprar um único par mas, se não tivermos sorte, existe a possibilidade de chegamos a casa de mãos (e pernas) a abanar. Basta um pequeno gesto em falso, um movimento mais brusco ou um simples azar para rompermos umas meias opacas ou rasgarmos umas meias de vidro.

“Falta-me a paciência para as meias praticamente transparentes que se rompem a cada corridinha mais urgente”, já dizia a Ana Cristina Marques ao defender o seu amor pelos collants opacos. Ainda assim, nem os mais resistentes se livram dos borbotos e rasgões que tanto aparecem com o uso prolongado ou até logo no primeiro dia. 

José Santos, responsável pela loja Rei das Meias, em Lisboa, sabe-o como ninguém. Trabalha com collants há mais de 36 anos (tem mais de 300 referências à venda) e é conhecido como “o famoso rei das meias que torna bonitas as pernas feias”. Segundo José, a forma como veste, lava e usa os seus collants pode fazer toda a diferença. Estas são as 11 dicas que deve seguir para que as suas meias (opacas ou não) durem mais tempo:

1. Dispense os anéis, pulseiras e relógios

“As meias são como portas porque variam consoante a sua espessura”, começa por explicar o responsável pela Rei das Meias. Quanto maior for o número de deniers (DEN), isto é, fios de uma meia, mais opaca e resistente esta será. “Por isso, uma meia 8 DEN é bastante fininha e transparente, ao contrário de uma meia 100 DEN que já é completamente opaca e mais grossa”, acrescenta. “Mas se usarmos muitos acessórios na hora de os vestir, estes vão puxar os fios dos collants e estragá-los.”

2. Nunca lave os collants na máquina

As meias opacas ou transparentes devem sempre ser lavadas à mão e nunca à máquina. “Se lavar à máquina tem de ser abaixo dos 30 graus e num saquinho de rede para as fibras das meias não se estragarem no tambor.” Se não tiver um desses acessórios, normalmente usados para peças íntimas como os soutiens, use uma fronha de almofada em substituição.

3. Não use amaciador

“Tanto a lixívia como o amaciador podem alterar a tonalidade e cor das meias”, diz José Santos. Por isso, o melhor será lavá-las à mão no lavatório com um detergente gentil para preservar a cor, o material e garantir que estas duram mais tempo.

4. Seque-os à sombra

Depois de lavar os collants, coloque-os a secar ao ar livre e nunca na máquina de secar para não alargar ou encolher os fios que os compõem. “Tal como todas as peças de roupa, se os collants estiverem expostos ao sol vão ficar danificados.” O mesmo se aplica ao ferro de passar a roupa.

Sneak peek of today's blog post #later #blogpost #ootd

A photo posted by Mafalda de Castro (@mafaldacastro) on

5. Evite as superfícies ásperas

“As cadeiras de madeira são as piores inimigas das meias”, admite o proprietário da loja Rei das Meias. Não só porque causam borbotos nas meias opacas mas porque rasgam as meias transparentes.

6. Lave-os ao contrário…

Segundo José Santos, é importante lavar as meias ao contrário porque essa é a parte que está sempre em contacto com a pele e evita que os fios se danifiquem durante o processo. “Posso dizer que grande parte das minhas clientes não lava as meias ao contrário e é muito importante até para eliminar restos de creme, pó talco e células mortas que se acumulam.” 

7. …e use-os ao contrário

Se usa collants opacos é normal que estes acumulem borbotos na zona da parte de trás da coxa. Se for esse o caso, pode usá-los ao contrário e vão parecer como novos. Mas José Santos só o recomenda se ambos os lados tiverem um aspeto brilhante ou acetinado. “Há collants opacos de dupla face que dá para vestir dos dois lados uma vez que ambos têm a mesma tonalidade.”

8. Tenha (muito) cuidado ao vesti-los

Neste ponto, há regras. “Deve vestir as meias sentada e um pé de cada vez. O segredo é puxá-las gradualmente do tornozelo até aos joelhos e só depois até às ancas.” Se tiver as unhas grandes, deve ter o dobro do cuidado — caso contrário é provável que rasgue as meias mesmo antes de as vestir.

9. Hidrate sempre a pele

“Uma pele seca é algo a evitar porque vai estar demasiado áspera para se adaptar aos fios das meias”, conta José Santos. Hidrate a pele com cremes, loções e óleos mas nunca imediatamente antes de os vestir porque pode manchar e alterar a tonalidade dos collants.

A new Autumn 'get ready with me' post is up on my blog! ? #whatimwearing #ootd #autumn

A photo posted by @daisymgreen on

10. Escolha o tamanho acima

No caso de estar indecisa entre dois tamanhos, opte sempre pelo maior. “Não recomendo um collant muito apertado porque os fios vão romper mais facilmente”, confessa José Santos. “Ainda assim, se existissem collants que durassem uma vida inteira não teríamos este espaço aberto no Largo Bordalo Pinheiro [em Lisboa] desde 1929.”

11. Coloque-os no congelador

Apesar de o “Rei das Meias” não confirmar nem desmentir este último ponto, o Telegraph jura a pés juntos que funciona. Como? Basta molhar os collants com água fria, antes de os estrear, e colocá-los diretamente no congelador dentro de um saco de plástico. Depois de congelarem durante a noite, deixe-os a secar ao ar livre. Alegadamente este processo vai tornar as fibras mais resistentes à sorte. E no que toca aos collants, vale tudo.

Texto editado por Ana Dias Ferreira.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Meus pais e seus aparelhos eletrônicos

Ruth Manus

Parece que todos os aparelhos eletrônicos que os meus pais compram foram vítimas de algum tipo de maldição que tornou seu funcionamento algo absolutamente anormal. 

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site