Logo Observador
Futebol

Sporting alia-se ao Porto: “Quatro títulos do Benfica devem ser retirados”

1.675

Diretor de comunicação do Sporting alia-se ao FC Porto e acusa o Benfica de montar alegado esquema de corrupção da arbitragem. Saraiva quer ver Justiça desportiva a agir.

Nuno Saraiva, diretor de comunicação do Sporting (à esquerda), acusa o Benfica

Filipe Amorim

Sem papas na língua e sem meias medidas, Nuno Saraiva quer ver o Benfica punido com “descida de divisão e multa” por alegados “resultados corrompidos e adulterados”. Esta é a reação do diretor de comunicação do Sporting Clube de Portugal ao chamado caso dos emails.

Em declarações ao canal do Sporting, Saraiva comentou esta quarta-feira o conteúdo dos emails trocados entre diversos colaboradores e responsáveis do Benfica e um ex-árbitro e um ex-presidente da Liga de Clubes. Os emails têm vindo a ser divulgados nas últimas semanas por Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto.

É apenas e só a materialização do que toda a gente suspeitava que acontecia e que se passava assim. Não sei a veracidade dos emails, mas há vários indícios que apontam para a veracidade dos mesmos pela forma como Pedro Guerra não desmentiu nem estranhou o conteúdo e linguagem nos emails. Depois a amnésia seletiva. O Benfica não nega os emails, prefere falar de um crime informático”, afirma o ex-jornalista do Diário de Notícias.

Para Nuno Saraiva, a justiça desportiva não deve perder tempo e deve cortar a direito com uma “investigação séria”. E o resultado final, na ótica do responsável sportinguista, só pode ser um: “descida de divisão”, “multa” e retirada dos últimos quatro títulos ganhos pelo Benfica.

Se tudo for verdade e se houver uma investigação séria pelas instancias desportivas e judiciais, que houve resultados corrompidos e adulterados, má influência por parte de um clube, entendo que não pode continuar e o regulamento tem de ser cumprido no artigo 65 do regulamento disciplinar punido com a descida de divisão e multa. Se tudo se comprovar, com uma investigação séria, sem medos, os títulos do Benfica dos quatro anos devem ser retirados, não ser atribuídos a ninguém, deve ficar para a história que o título não foi atribuído porque alguém ganhou de forma ilícita e ilegítima”

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt