Primeira Liga NOS

José Couceiro garante que Vitória de Setúbal não vai jogar para o empate em Alvalade

O treinador José Couceiro disse que o Vitória de Setúbal vai ao Estádio de Alvalade com o objetivo de marcar ao Sporting. O Sporting recebe o Vitória de Setúbal, esta sexta-feira, pelas 20h30.

José Couceiro sublinhou a necessidade de não dar espaços ao oponente e explorar todas as oportunidades que surjam

HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

O treinador José Couceiro disse esta quinta-feira que o Vitória de Setúbal vai ao Estádio de Alvalade com o objetivo de marcar ao Sporting na partida da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Em conferência de imprensa, o técnico do conjunto setubalense assegurou que a sua equipa não vai entrar em campo com o pensamento no nulo.

Se formos pensar em jogar para o 0-0, esqueçam. Quem entra em Alvalade para jogar para o 0-0 perde o jogo. Vamos tentar explorar as nossas possibilidades dentro das características que temos e do que é o Sporting para tentarmos marcar. Só conseguimos um resultado positivo marcando”, frisou.

José Couceiro sublinhou ainda a necessidade de não dar espaços ao oponente e explorar todas as oportunidades que surjam de chegar à baliza de Rui Patrício.

“Vamos tentar controlar as zonas em que o Sporting é muito forte e tentar chegar à baliza o máximo de vezes possível para conseguir marcar”, disse.

O setor mais recuado também tem de estar concentrado para reduzir as possibilidades dos ‘leões’ em visarem a baliza sadina.

“Se queremos ter sucesso, o nosso processo defensivo tem de ser irrepreensível. Temos de ser equilibrados e fechar os espaços interiores ao Sporting, se fizermos isso estaremos mais perto de ter sucesso”, referiu.

O treinador do Vitória de Setúbal deu a sua opinião sobre a possibilidade o Sporting se intrometer na luta pelo título na presente temporada.

“Na prática, em Portugal há três equipas que são candidatas ao título no início do campeonato. Só duas delas acabam no final a disputar o título. Este ano não deverá ser diferente, apesar de no início a luta ser sempre a três“, vincou.

Questionado sobre se o Sporting está mais forte esta temporada, José Couceiro lembrou as aquisições feitas pelo clube ‘leonino’.

O Sporting é um forte candidato e reforçou-se em posições com jogadores habituados a jogar a um nível de topo, como o Barcelona e Real Madrid. É uma equipa fortíssima e agora todos têm esperanças em ter sucesso. Alguns dos meus jogadores vão jogar pela primeira vez um jogo da Liga desta dimensão, ou seja, não têm a experiência de Real Madrid ou Barcelona”, recordou.

As acusações de anti-jogo feitas pelo treinador Manuel Machado aos vitorianos, após o jogo de domingo com o Moreirense (1-1), foram comentadas esta quinta-feira por José Couceiro, que lamentou o estigma criado na época passada.

“Fiquei triste, porque não corresponde nada à verdade. É muito fácil desviar atenções falando nessas questões. Na época passada, o Vitória foi a equipa que menos faltas fez na I Liga. Esse é um dado concreto e objetivo. Curiosamente, foi também a segunda equipa que mais faltas sofreu”, afirmou.

Os defesas Vasco Fernandes (castigado) e Patrick (lesionado) são os jogadores impedidos de dar o contributo à equipa em Alvalade.

Na sexta-feira, o Sporting recebe o Vitória de Setúbal, pelas 20h30, no Estádio de Alvalade, na segunda jornada da I Liga, que será dirigido pelo árbitro Bruno Paixão, da associação de futebol de Setúbal.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site