A Bolsa de Lisboa abriu esta segunda-feira em baixa, com o PSI20, o principal índice da praça lisboeta, a cair 0,11%, para os 5.791,31 pontos.

No dia em que abre as portas o Novo Banco, que fica com os ativos bons do Banco Espírito Santo, e recebe 4.900 milhões de euros), a Bolsa de Lisboa abre a cair 0,11%.

Na sexta-feira, o PSI20 encerrou a sessão a desvalorizar 3,04%, para 5.797,67 pontos, com 18 das 19 cotadas em terreno negativo, num dia em que o BES testou novos mínimos históricos.

Das 19 cotadas que atualmente integram o PSI20 (após a exclusão do Espírito Santo Financial Group), 18 fecharam no vermelho e apenas a Jerónimo Martins ganhou valor (2,13%, para 9,978 euros).

Antes de a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) ordenar a suspensão da negociação dos títulos do BES, o banco recuava 40,3%, para 0,12 euros.

Porém, pouco antes, a cotação do BES chegou a baixar quase 50% para o novo mínimo histórico de 0,105 euros.