O homem mais poderoso do mundo pelo segundo ano consecutivo é Vladimir Putin. Quem o diz é a revista norte-americana Forbes, que todos os anos divulga a conhecida lista.

O presidente norte-americano, Obama, e o presidente chinês, Xi Jinping, completam o pódio.

A Forbes considera que a sua lista não se baseia na influência política dos escolhidos, mas sim no seu “hard power”, ou seja, no poder militar e económico que permite a estes homens e mulheres, influenciar a atuação dos agentes políticos.

“Insistimos que as pessoas na nossa lista têm o tipo de poder que molda o mundo, move pessoas mercados, armas e mentes”, explicaram os responsáveis da revista, citados pela RT.

Este ano, há duas mulheres na lista – a chanceler alemã Angela Merkel e a presidente da Reserva Federal dos EUA, Janet Yellen.

O homem poderoso mais jovem é o fundador do facebook, Mark Zuckerberg, de 30 anos.