A viagem de sábado do ‘Lobo Marinho’, navio que efetua a ligação entre a Madeira e o Porto Santo, foi cancelada, deixando a ilha mais pequena do arquipélago sem ligação marítima pelo terceiro dia consecutivo, informou nesta sexta-feira a concessionária. Segundo a informação na página da internet da Porto Santo Line (PSL), as viagens do dia 29 Funchal-Porto Santo e Porto Santo-Funchal estão canceladas “devido às más condições climatéricas que põem em causa a segurança do navio e dos passageiros”.

A PSL adianta que as passagens “serão automaticamente alteradas para o novo horário”, isentando os passageiros da respetiva taxa caso queiram alterar para outra data mais conveniente.

A costa norte da Madeira e a ilha do Porto Santo estão sob aviso vermelho do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o mais grave de uma escala de quatro, devido a forte agitação marítima, com previsões de ondas que podem atingir pontualmente os 15 a 16 metros de altura até às 12:00 de sábado.

O IPMA também colocou em aviso laranja (o segundo mais grave), devido a vento forte, as regiões montanhosas da Madeira, com rajadas que podem atingir os 120 quilómetros/hora. Esta área está também abrangida por um aviso amarelo para precipitação, prevendo-se aguaceiros por vezes fortes.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Quanto ao Porto Santo, o aviso vermelho passa a laranja até às 24h00 de sábado e depois a amarelo, em vigor até às 08h00 de domingo. Segundo a Administração dos Portos da Madeira (APRAM), também devido a esta situação meteorológica os seis navios que deviam escalar o porto do Funchal até domingo cancelaram a sua passagem pela região.

No Aeroporto da Madeira, o movimento de descolagens e aterragens decorreu hoje com normalidade até meio da tarde, mas as condições agravaram-se e os dois voos da TAP (o TP 1683 e o 1689) oriundos de Lisboa acabaram por regressar à origem, disse à Lusa fonte aeroportuária.