Nem Belém, nem Bruxelas, Durão Barroso vai voltar à academia. O antigo presidente da Comissão Europeia vai voltar a Portugal para lecionar na Universidade Católica temas relacionados com Direito, Gestão e Ciência Política e Relações Internacionais. Vai ainda assumir a direção do Centro de Estudos Europeus desta instituição. Barroso será também professor visitante na universidade Princeton nos Estados Unidos da América.

Marcelo Rebelo de Sousa já tinha anunciado ontem no seu espaço de comentário semanal que Durão Barroso voltaria para dar aulas na Universidade Católica, mas esta segunda-feira soube-se em detalhe sobre que matérias vai lecionar. O antigo primeiro-ministro vai integrar o corpo docente dos programas internacionais da Universidade Católica como o mestrado em Direito, no mestrado de Gestão e no mestrado de Ciência Política e Relações Internacionais. Os temas das cadeiras envolvem assuntos temas europeus e governação global. O antigo governante vai ensinar “Law in a European and Global Context” e “International Business Law” no programa de LL.M. (master of laws) da Católica Global School of Law,

Durão Barroso vai também ser professor visitante da prestigiada universidade de Princeton, que faz parte da Ivy League – top das universidades norte-americanas. O antigo governante vai integrar a Escola Woodrow Wilson desta instituição, “trabalhar com os alunos, dar palestras” e estar envolvido com assuntos europeus, particularmente nas relações da União Europeia com a Rússia, com os EUA e com a China, segundo comunicado da universidade. Barroso é professor nesta universidade desde 1 de fevereiro.