Olá

834kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Lisboa também vai ter um escorrega aquático gigante

Este artigo tem mais de 5 anos

Já se sabia que o Porto ia ter um escorrega em julho, mas dezenas de milhares de pessoas no Facebook exigiam um para Lisboa. Sim, vai mesmo acontecer.

Um escorrega semelhante ao que vem para Lisboa, em Guadalajara, no México
i

Um escorrega semelhante ao que vem para Lisboa, em Guadalajara, no México

HECTOR GUERRERO/AFP/Getty Images

Um escorrega semelhante ao que vem para Lisboa, em Guadalajara, no México

HECTOR GUERRERO/AFP/Getty Images

Se vive em Lisboa ou arredores e foi daquelas pessoas que ficou com inveja dos portuenses que se vão divertir a descer num escorrega insuflável cheio de água, nada tema: a capital também vai ter direito a escorregadelas molhadas. Vai ser no dia 20 de junho, não muito longe do Estádio da Luz, num evento que resulta de uma parceria entre a empresa promotora e a Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica.

Todos os detalhes do Urban Splash – assim se chama o evento – foram divulgados esta quarta-feira, mas o Observador sabia já que o protocolo assinado entre a empresa e a junta prevê a instalação do escorrega de 500 metros na Rua Major Neutel de Abreu, entre o colégio marista e a Estrada de Benfica, e pode ainda ter um dia extra, 21 de junho. Na página oficial de Facebook, o Urban Splash já tem mais de 4.500 gostos e 14 mil pessoas disseram que querem ir dar umas descidas.

Escorregar vai ter preços variáveis. Dos quatro packs disponíveis, o mais barato, que inclui duas descidas, balões e uma pistola de água, custará 12,5 euros, enquanto o mais caro, que inclui descidas ilimitadas e diversos brindes, terá um preço de 50 euros. Para assegurar os comes e bebes, a empresa vai recorrer a rulotes e quiosques da zona.

O Urban Splash é uma iniciativa da Megafinalistas, uma empresa ligada ao grupo turístico Geostar (ligado, por sua vez, à Sonae) especializada em viagens de finalistas a Andorra, Barcelona, Londres e Zambujeira do Mar, entre outros. A Megafinalistas já foi responsável pela instalação de um escorrega semelhante em Salou (perto de Barcelona) e foi com base nessa experiência que convenceu a junta de freguesia a dar apoio ao evento.

Para já, o Urban Splash é o primeiro escorrega aquático confirmado para Lisboa este verão. Uma outra empresa, City Water Slide, responsável por levar o escorrega ao Porto a 4 e 5 de julho, está igualmente interessada em fazer um evento semelhante na capital, mas até agora este ainda não está confirmado. Tal como o Observador noticiou em março, a Câmara Municipal de Lisboa ainda não licenciou nada para aquela entidade e o vereador Duarte Cordeiro considerou ser “abusivo” falar na existência desse escorrega nas redes sociais.

À semelhança do City Water Slide, que quer levar o escorrega ao Algarve e à Figueira da Foz, também o Urban Splash ambiciona expandir-se para Cascais, Aveiro, Oeiras e Algarve, mas nenhum destes eventos está para já confirmado.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Para continuar a ler assine o Observador
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia
Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Desde 0,18€/dia
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Desde 0,18€/dia
Em tempos de incerteza e mudanças rápidas, é essencial estar bem informado. Não deixe que as notícias passem ao seu lado – assine agora e tenha acesso ilimitado às histórias que moldam o nosso País.
Ver ofertas