É, de facto, uma reunião. Foi há 25 anos que uma icónica capa foi criada, e com ela ficou definido um momento antes e depois no universo da moda. Cinco modelos posavam para a lente do fotógrafo alemão Peter Lindbergh, num retrato a preto e branco focado nos rostos quase despidos de maquilhagem (ao invés das roupas que tinham nos corpos).

Diante da câmara fotográfica estavam Linda Evangelista, Naomi Campbell, Cindy Crawford, Christy Turlington e Tatjana Patitz, algumas das supermodelos que marcaram os anos 1990, tidos como a “década dourada e mais doce da moda”, segundo a Vogue espanhola. A fotografia viria, meses depois, a servir de inspiração para o videoclip Freedom 90 de George Michael.

jan90-vogue-cover-1280

Capa da Vogue britânica de 1990

Tanto tempo depois, Lindbergh convocou seis nomes — Cindy Crawford, Eva Herzigova, Nadja Auermann, Helena Christensen, Karen Alexander e Tatjana Patitz — para um novo projeto batizado de “The Reunion” (“A Reunião”, em português). Trata-se de um fashion filmdivulgado no site Nowness que pretende recordar a energia que existia nas sessões fotográficas de então.

As imagens captadas nessa mesma sessão poderão ser divulgadas num editorial a preencher as páginas da Vogue Itália. No entanto, é possível ver alguns retratos a preto e branco das super, associados ao projeto, na conta de Instagram do fotógrafo.

.