Após anos de especulações e pedidos, o Facebook vai finalmente ganhar o botão “Não gosto”. É o que anunciou esta terça-feira Mark Zuckerberg em entrevista à CNBC.

“As pessoas têm perguntado sobre o botão ‘Não gosto’ por muitos anos (…) e hoje é um dia especial, porque eu realmente posso dizer que estamos a trabalhar e em breve vamos lançar uma versão de testes”, afirmou.

Segundo Zuckerberg, a nova função “vai permitir que os utilizadores possam expressar as emoções de uma maneira mais realista”, de modo a evitar que o Facebook se torne um “sistema baseado apenas em votos positivos”.

Zuckerberg avançou ainda que não há qualquer prazo para a chegada do novo botão à rede social, porém, deverá estar disponível inicialmente apenas para alguns utilizadores, antes de chegar oficialmente à página.

Em dezembro do ano passado, o empresário já havia comentado o seu desejo de introduzir novas maneiras de expressar emoções, apesar de não saber na altura que botão utilizaria para que se pudesse manifestar sobre uma publicação mais triste ou negativa.

“As pessoas dizem que não se sentem confortáveis a colocar ‘gosto’”, afirmou durante uma sessão de perguntas e respostas num evento dedicado ao filme “A rede social”, referindo-se a post sobre situações tristes. Na altura, mostrou reticências a que o novo botão fosse um “Não gosto”. É que, no caso de escolher um “Não gosto”, ele seria utilizado também para manifestar não concordância com algumas publicações. E essa não é, de todo, a vontade do empresário. Isso “não seria bom para o mundo”, justificou.