Quantas vezes perguntou a uma mulher que batom estava a usar, seguiu direta para caixa da perfumaria e, quando o aplicou, acabou desiludida? Se respondeu “pelo menos uma”, a deceção tem uma explicação bastante simples: a cor, a textura e a forma como a maquilhagem se funde com a pele são diferentes de pessoa para pessoa. É por isso que um batom pode ficar tão bem numa mulher e não funcionar noutra.

Talvez nunca tenha pensado nisso mas a textura dos lábios funciona como as impressões digitais nos dedos. E cada pessoa tem uma “impressão labial” única. Que é o mesmo que dizer que não há dois lábios iguais. Seria, por isso, pedir muito que um batom que fica tão bem na nossa amiga ficasse igualmente fantástico em nós.

Há muitas coisas que podem afetar a aplicação perfeita de um batom. Segundo um artigo da Style Caster, é impossível um produto ficar igual em duas pessoas quando existem diferentes variações. Os lábios podem ser secos, rachados, descamados ou nutridos, húmidos ou suaves, por exemplo. Além disso, as pessoas têm diferentes níveis de hidratação ao longo do dia. Uma mulher pode segurar a cor nos lábios durante muitas horas e outra precisar de retocar o batom várias vezes ao dia.

Antes de correr novamente para a caixa da perfumaria, eis tudo o que precisa de saber sobre lábios e batons:

  • As fórmulas em gloss e brilho são muito mais húmidas e funcionam melhor nos lábios secos enquanto as fórmulas mate são melhores nos lábios nutridos e lisos porque vão criar um efeito de segunda pele. Fórmulas cremosas são as mais universais porque não são nem muito húmidas nem muito secas.
  • Pessoas com pele seca tendem a ter lábios secos. Sem humidade, qualquer batom vai desaparecer rapidamente. É aqui que funcionam bem os produtos com pigmentação forte e de longa duração.
  • Tal como os batons são feitos com variadas texturas, seleção e concentração de ingredientes, também existem variações na pessoa que os usa e que vão alterar a sua longevidade. Os níveis de humidade na pele dos lábios e a própria temperatura do corpo também podem alterar a forma como um batom fica na boca.
  • Quem tem lábios secos também pode usar fórmulas mate bem pigmentadas mas deve adicionar uma camada de gloss ou brilho para hidratar e segurar a cor.
  • Lembre-se desta regra: quanto mais brilhante for o batom, menos tempo a sua cor vai durar. Alguns batons podem durar mais do que outros mediante os níveis de concentração de pigmento mas a maioria dos produtos convencionais tem entre 30 a 40% de pigmento e a restante percentagem são ingredientes de preenchimento. É por isso que as fórmulas mate duram mais: são cores planas com mais concentração. E são estes os batons que deve usar em situações em que não possa andar sempre a retocar (uma festa, um casamento, uma reunião…).