Rádio Observador

Literatura Infantil

10 livros para entreter os miúdos nas férias da Páscoa

180

Se por esta altura já só pensa em atirar-lhes com as amêndoas à cabeça e não sabe como ocupar-lhes os dias livres, recorra antes a uma destas histórias ilustradas, publicadas nos últimos seis meses.

De protagonistas inesperados a histórias sem bonecos, reunimos uma dezena de sugestões, com um livro de bónus.

Fotografia de Jorge Vieira, realização de Ana Dias Ferreira

A Baleia

De Benji Davies (ed. Orfeu Negro)

As amizades improváveis têm dado grandes livros para crianças, seja entre o gato malhado e a andorinha Sinhá de Jorge Amado ou entre o menino e o pinguim de Oliver Jeffers. Na sua estreia em Portugal, o ilustrador e realizador de animação Benji Davies escolhe um rapaz e uma baleia para protagonizar o estranho par, numa história passada à beira-mar e pintada em tons de azul. Noé vive sozinho com o pai, que é pescador e passa o dia embarcado, e com seis gatos — que não pode deixar de tentar encontrar na ilustração inicial — junto à praia, até que uma tempestade traz uma inesperada companhia para casa. Uma bela homenagem à amizade e a todo o universo náutico.

Baleia_CPweb

Preço: 13,50€

Eu Quero a Minha Cabeça!

De António Jorge Gonçalves (ed. Pato Lógico)

Há birras intermináveis em que só apetece arrancar a cabeça aos miúdos. E há alturas em que eles parecem ter apenas uma palavra no vocabulário: não. António Jorge Gonçalves juntou as duas situações num livro que parte de um problema bicudo: “um dia, o pai da Céu chamou-a tantas vezes, e ela respondeu-lhe tantas vezes NÃO… que lhe saltou a cabeça”. Eu Quero a Minha Cabeça! acompanha as aventuras da protagonista a tentar recuperar o que perdeu enquanto aprende outras palavras mais positivas pelo caminho. Uma história mais útil — e infinitamente mais divertida — do que muitos ralhetes.

capa cabeca

Preço: 13,90€

Que Amigo Levo Comigo?

De Dr. Seuss (ed. Booksmile)

Qualquer coisa como 600 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo demonstram o sucesso de Theodor Seuss Geisel, mais conhecido como Dr. Seuss, na literatura para crianças. Traduzido em mais de 30 línguas, o autor norte-americano publicou vários clássicos infantis em vida — o nome Grinch diz-lhe alguma coisa? — e deixou um arquivo de inéditos depois da sua morte, em 1991, de onde foi retirado este Que Amigo Levo Comigo?. Lançado mundialmente no final de 2015, todo o livro se desenrola dentro de uma loja de animais, onde dois irmãos percebem que a missão de escolher um companheiro de estimação é mais difícil do que parece.

capa Que Amigo Levo Comigo

Preço: 12,99€

Cores + Números

De Aino-Maija Metsola (ed. Jacarandá)

Fixe este nome, por difícil que pareça: Aino-Maija Metsola é uma ilustradora e designer finlandesa, e a cabeça criativa por trás da marca Marimekko. Os seus desenhos tanto ilustram peças de roupa como cerâmicas, calendários, brinquedos e livros para crianças, e é impossível não ficar preso às ilustrações coloridas e gráficas com que fala aos miúdos. É nesta última vertente que a finlandesa se estreia em Portugal, com uma coleção, Jardim dos Pequeninos, que acaba de chegar às livrarias e apresenta os primeiros conceitos a crianças em idade pré-escolar. Com várias abas para levantar em cada página, os dois primeiros livros debruçam-se sobre as Cores e os Números e desafiam as crianças a perceber, por exemplo, qual o objeto que está a mais numa paleta cromática ou quantos insetos se contam em várias flores desenhadas.

Jacarandá 4

Preço: 9,90€ (cada)

O Que Aconteceu à Minha Irmã?

De Simona Ciraolo (ed. Orfeu Negro)

Ah, a adolescência, esse fenómeno difícil de explicar (e de viver), sinónimo de portas do quarto sempre fechadas e de mil e um segredinhos. Depois de contar a história ternurenta de um cato que só quer um abraço, a italiana Simona Ciraolo vira-se para a idade do armário e apresenta uma menina intrigada e com uma pergunta que não lhe sai da cabeça: O Que Aconteceu à Minha Irmã? É que antigamente as duas faziam tudo juntas mas agora a mais velha já não quer brincar às casinhas ou saltar à corda e prefere passar horas ao telemóvel e ao computador. Uma forma nova e divertida de olhar para um velho tema, transformando o adolescente num verdadeiro caso de estudo.

oqueaconteceuaminhairma_CPweb

Preço: 13,50€

Onde Está a Lua?

De Jordi Amenós e Albert Arrayás (ed. Pequena Fragmenta)

Inês Castel-Branco continua o bom trabalho à frente da sua editora independente Pequena Fragmenta, e Onde Está a Lua? é apenas um dos exemplos que comprova a sua missão de promover o diálogo entre pais e filhos e ajudar os mais pequenos a pensar. Assinado por Jordi Amenós e Albert Arrayás, o livro transforma uma questão de astronomia — as diferentes fases da lua — num pretexto para puxar pela imaginação, a partir do momento em que um menino chamado Paulo, intrigado com o desaparecimento do satélite natural da Terra, resolve perguntar aos seus amigos o que é que aconteceu à lua. Cada uma das respostas é mais rica do que a anterior — o cão do rapaz, por exemplo, sugere que “talvez a lua seja uma bola gigante de gelado de baunilha e sempre que passa uma estrela-cadente dá-lhe uma lambidela e leva-lhe um bocado”, pelo que “enquanto não chegarem os extraterrestres e voltarem a enchê-la de gelado não a veremos grande e brilhante” — e no final há ainda um guia de leitura para seguir em família onde pais e filhos são desafiados a inventarem novas teorias ou a descrever uma viagem pelo espaço, vista da janela de um foguetão.

Capa Onde está a lua

Uma Aventura Debaixo da Terra

De Mac Barnett e Jon Klassen (ed. Orfeu Negro)

Jon Klassen é o Buster Keaton da ilustração infantil: bastam-lhe poucos traços e expressões impassíveis para nos fazer rir. Desta vez, e depois da saga dos chapéus e do livro O Escuro, o canadiano dá vida à história de dois amigos que decidem cavar um buraco e só parar quando encontrarem uma coisa especial. Para baixo, para a esquerda, para a direita e para cima, resta-nos acompanhá-los aos ziguezagues debaixo da terra e rir com a sua falta de pontaria.

capa Uma Aventura Debaixo da Terra

Preço: 13,90€

O Livro sem Bonecos

De B. J. Novak (ed. Presença)

Teoricamente, publicar um livro para crianças sem desenhos é como lançar as obras completas de Mozart sem som. No entanto, é isso mesmo que o escritor e argumentista B. J. Novak faz neste Livro sem Bonecos. Apenas com letras escritas em páginas brancas, o norte-americano leva pais e filhos numa viagem divertida ao desafiá-los a fazer sons estranhos, a cantar músicas para as quais têm de inventar melodias e a dizer alto afirmações como: “eu sou um macaco que aprendeu a ler sozinho”. Ou seja, não estão lá bonecos mas não quer dizer que não se façam figuras.

capa o livro sem bonecos

Preço: 10,90€

O Sr. Tigre Torna-se Selvagem

De Peter Brown (ed. Orfeu Negro)

Quem quiser pode ler apenas a história de um tigre, mas é provável que todos os pais que roubem este livro aos filhos leiam uma história sobre todos nós. Ora vejamos: o Sr. Tigre é um tigre que anda sempre engravatado e é sempre sério e educado. Mas um dia a gravata começa a ficar demasiado apertada e ele decide que quer estar à vontade e divertir-se, ou seja: quer ser selvagem e livre. As implicações para esta mudança de vida são várias, sobretudo quando à sua volta todos são sérios e engravatados. Já a ironia é deliciosa, confirmando Peter Brown, autor e ilustrador do também elogiado A Minha Professora é um Monstro!, como um nome a ter debaixo de olho.

SrTigre_CPprint2

Preço: 14€

O Pato Amarelo e o Gato Riscado

De Manuela Castro Neves e Madalena Matoso (ed. Caminho)

Voltando ao tema das amizades improváveis e da sua relação de amor com a literatura infantil, a história imaginada por Manuela Castro Neves e ilustrada pelo toque sempre irresistível de Madalena Matoso gira à volta de um gato e de um pato que se tornam grandes amigos apesar de serem muito diferentes. Atraídos pela ideia de comprar brinquedos divertidos, os dois perdem-se na floresta e têm de encontrar uma forma de regressar a casa. Uma história para os fãs do tradicional “era uma vez” que serve de elogio à diferença.

capa O Pato Amarelo e o Gato Riscado

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: adferreira@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)