A versão menos potente do conhecido muscle car americano, o Ford Mustang EcoBoost, vai poder, em breve, beneficiar de um substancial aumento de potência, através da adopção de um kit específico e oficial, desenvolvido pela Ford Performance.

Segundo as últimas informações, a adopção deste kit, relativamente ao qual a marca da oval ainda não divulgou prestações ou consumos, faz aumentar a potência do motor EcoBoost 2,3 litros turbo de 317 cv e 432 Nm de binário, para uns mais substanciais 342 cv de potência e 529 Nm de binário.

MustangDriveDeauville2015_18

Com o novo “kit”, o Mustang 2.3 EcoBoost ganha 25 cv e fica mais próximo da versão mais possante, e cara, animada pelo motor V8 de 421 cv

Podendo ser instalado em unidades tanto com caixa manual como automática de seis velocidades, este kit permite assim à motorização EcoBoost valores mais próximos dos do V8, o qual anuncia 421 cv de potência e 530 Nm de binário.

Recorde-se ainda que o Ford Mustang EcoBoost anuncia, na versão dita normal, não “aditivada”, uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 5,8 segundos, a par de um consumo oficial em trajecto combinado de 8,0 l/100 km.

No entanto, desconhece-se se e quando esta nova solução estará disponível no mercado nacional.