Perto de 130 candidatos a magistrados — 84 do Ministério Público e 42 judiciais — iniciam esta sexta-feira o curso de formação inicial para os tribunais judiciais, no Centro de Estudos Judiciários (CEJ). Os 126 candidatos foram selecionados entre 984 juristas que concorreram e prestaram provas escritas e orais, além da avaliação psicológica, sendo admitidos na formação que agora se inicia como auditores de justiça, segundo o Ministério da Justiça (MJ).

A formação inicial no CEJ decorrerá até 15 de julho de 2018 e será seguida de formação nos tribunais, tendo esta sido encurtada para os futuros magistrados do Ministério Público, terminando a 31 de dezembro de 2019. Segundo dados do MJ, este ano e em 2016 entraram no Centro de Estudos Judiciários 252 auditores de justiça, estando já 76 nos tribunais. Destes, 18 são juízes, 19 procuradores-adjuntos auxiliares e 39 juízes auxiliares nos tribunais administrativos e fiscais.

A sessão de abertura contará com a presença da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, e da Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal.