A FIFA vai iniciar dentro de três dias o processo para a eleição do seu presidente, em 5 de junho de 2019, sendo possível apresentar candidaturas até 5 de fevereiro.

O Conselho da FIFA formalizou este domingo em Moscovo a convocatória para esse processo eleitoral, cujos candidatos vão ser confirmados em 05 de maio, um mês antes da data de eleição, durante o Congresso marcado para Paris.

O atual presidente, o ítalo-suíço Gianni Infantino, ocupa o cargo desde 26 de fevereiro de 2016, quando foi eleito em segunda votação, para a qual necessitava apenas de uma maioria simples.

Infantino obteve 115 votos contra os 88 do xeque do Bahrein, Salman bin Ebrahim al Khalifa, a quem vencera numa primeira votação apenas por três votos (88 contra 85), enquanto o príncipe jordano Ali Bin Al Hussein obteve quatro e o francês Jerome Champagne nenhum.