O Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira (SRPCM) apelou este sábado à suspensão de queimadas e de fogueiras de lazer no arquipélago, face às altas temperaturas previstas até segunda-feira.

Em comunicado, o SRPCM indica que, segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as temperaturas máximas vão variar entre os 29 e os 33 graus centígrados até segunda-feira, na região.

Esta subida generalizada da temperatura do ar na ordem dos três a cinco graus centígrados nas regiões costeiras e de seis a nove nas zonas montanhosas, levaram o IPMA a colocar as costas norte e sul da Madeira e as zonas montanhosas sob aviso laranja (o segundo mais grave de uma escala de quatro) até às 18:00 de segunda-feira.

A ilha do Porto Santo está sob aviso amarelo.

Face a esta previsão, a Proteção Civil sugere a adoção de medidas de prevenção, como a não realização de queimadas, nem de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confeção de alimentos, a não ser nos lugares destinados para o efeito.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Também não são permitidas as queimas de matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração, o “lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes”, além de “fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem”.