NATO

Três ex-secretários-gerais da NATO defendem que nova sede deve chamar-se McCain

Três ex-secretários-gerais da NATO pediram que a nova sede da Aliança Atlântica em Bruxelas receba o nome do senador republicano norte-americano John McCain, que morreu no sábado.

JIM LO SCALZO/EPA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

Três ex-secretários-gerais da NATO pediram esta quinta-feira que a nova sede da Aliança Atlântica em Bruxelas receba o nome do senador republicano norte-americano John McCain, que morreu no sábado. Numa carta publicada pelo diário britânico The Times, o dinamarquês Anders Fogh Rassmussen (2009-2014), o britânico George Robertson (1999-2003) e o espanhol Javier Solana (1995-1999) homenageiam John McCain pelo trabalho que desenvolveu na promoção do papel da Aliança Atlântica.

Na carta, qualificam a NATO de “pedra de toque” de um mundo estável, livre e pacífico, afirmando que “poucas coisas simbolizam a Aliança e os benefícios da liderança mundial norte-americano como a vida e o trabalho de John McCain”. “Apesar de ser um senador dos Estados Unidos, por toda a Europa sentíamos que John McCain era um dos nossos”, afirmam.

Referindo como McCain se envolveu na “promoção da liberdade nas ex-repúblicas soviéticas da Europa de Leste” e na “defesa de uma ordem internacional multilateral em momentos de ceticismo”, afirmam que McCain foi “uma referência para todos os que acreditam que a unidade transatlântica é o único meio de assegurar a paz”.

McCain morreu no sábado aos 81 anos, um dia depois de a sua família ter anunciado que o senador tinha decidido parar com o tratamento do cancro cerebral que lhe fora diagnosticado cerca de um ano antes.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
NATO

Os 70 anos da NATO, vistos da Europa


João Diogo Barbosa

Não só o “exército europeu” se tornou um dos temas essenciais para o futuro, como foi possível, pela primeira vez, a aprovação de um Programa Europeu de Desenvolvimento Industrial no domínio da Defesa

NATO

A velhinha NATO /premium

Diana Soller

Mas não faz sentido ignorar que, aos 70 anos, a NATO, que nos garante silenciosamente a segurança e que sobreviveu ao seu próprio sucesso na Guerra Fria, nunca passou um período tão difícil. 

Filhos

Guarda conjunta em residência alternada /premium

Eduardo Sá

A recomendação de ser “regra” o regime de guarda conjunta com residência alternada, se mal gerida, pode trazer a muitas crianças uma regulação da responsabilidade parental mais populista do que justa.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)