Marcos Garrido, um piloto de apenas 14 anos, morreu este domingo no Hospital Geral de Jerez, em Espanha, no seguimento de um acidente durante uma corrida de Supersport 300 do Campeonato de Motociclismo da Andaluzia. O jovem piloto, que corria pela Cardoso Racing, teve um acidente entre a curva 2 e 3 do Circuito de Jerez, uma zona de aceleração com uma ligeira curva, e o jornal Marca avança que poderá ter sido atropelado por outra mota.

A corrida foi interrompida de forma imediata e Marcos Garrido foi prontamente assistido pelas equipas médicas presentes em pista, que decidiram transportar o piloto para o hospital mais próximo, onde acabou por morrer. “Durante a corrida de SP 300, pontuável para o Campeonato da Andaluzia e celebrada hoje no Circuito de Jerez, o piloto natural de Rota, Marcos Garrido Beltrán, sofreu uma queda e foi rapidamente assistido pelos serviços médicos do circuito. Apresentamos as nossas mais sinceras condolências a todos os familiares e amigos”, disse em comunicado a Federação de Motociclismo da Andaluzia.

Pedro Sánchez, o primeiro-ministro espanhol, já lamentou “profundamente” a morte do piloto espanhol através de uma publicação no Twitter e acrescentou que “14 anos não é idade para morrer”.